Corpo de empresária é encontrado dentro de baú em apartamento em SP - ISTOÉ Independente

O principal suspeito do crime foi encontrado morto em um hotel em São Caetano do Sul

22/01/2022 17:59:00

O principal suspeito do crime foi encontrado morto em um hotel em São Caetano do Sul

Na manhã de ontem, uma empresária foi encontrada morta dentro de um baú de cama em seu apartamento. A vítima é Ana Carolina Sieiro Rodrigues, de 41 anos, sócia proprietária de um pet shop em Santos, onde vive sua família. O crime aconteceu em Mogi das Cruzes (SP), segundo informações do UOL. De acordo com […]

22/01/22 - 11h56 - Atualizado em 22/01/22 - 11h58Na manhã de ontem, uma empresária foi encontrada morta dentro de um baú de cama em seu apartamento. A vítima é Ana Carolina Sieiro Rodrigues, de 41 anos, sócia proprietária de um pet shop em Santos, onde vive sua família. O crime aconteceu em Mogi das Cruzes (SP), segundo informações do UOL.

De acordo com a SSP (Secretaria de Segurança Pública), na última segunda-feira (17), o pai da empresária registrou seu desaparecimento, alegando que não conseguia contato por mensagem e ligação com a filha há três dias.

Consulte Mais informação: Revista ISTOÉ »

O Assunto #710: Por que 'homeschooling' é contra os pobres

A Câmara dos Deputados concluiu nesta quinta-feira a aprovação da lei que introduz o ensino domiciliar no país. O texto, que agora vai ao Senado, torna realidade uma bandeira levantada por Jair Bolsonaro e alguns de seus apoiadores mais ferrenhos desde o início do governo. Consulte Mais informação >>

Meu Deus.

GO: Estudante passa por segunda cirurgia de enxerto após ter 60% do corpo queimado - ISTOÉ IndependenteA estudante Annelise Lopes Andrade, de 16 anos, realizou na terça-feira (18) a segunda cirurgia de enxerto na pele. Em 30 de novembro de 2021, ela teve 60% do corpo queimado após uma explosão com álcool durante um experimento no Colégio Heli Alves, em Anápolis (GO). As informações são do G1. “Ela está se recuperando […] O garota nós surpreende com a sua volta,Deus te abençoe sempre.

Corpo de D. Olinda, mãe de Bolsonaro, é sepultado em Eldorado (SP) | CNN BrasilO corpo de Olinda Bonturi Bolsonaro, mãe do presidente Jair Bolsonaro (PL), foi sepultado nesta sexta-feira (21), na cidade de Eldorado, no interior de São Paulo Coitada! Morreu de desgosto dos filhos e netos. E o que eu tenho com isso? Eu não sou coveiro! Ainda esse assunto?

Corpo da mãe de Bolsonaro é sepultado em Eldorado (SP)Corpo de mãe de Bolsonaro é sepultado em Eldorado (SP) Olinda Bolsonaro tinha 94 anos. Presidente acompanhou cerimônia após cancelar viagem e se emocionou 🇧🇷🙏🏽 Gente que jornalismo porco é esse,CLARO que se emocionou perdeu a MÃE dele,o elo claro do filho com DEUS,é a mãe que temos ,ah sim esqueci globalista ou comunista não sabe o que é família,sabe só de aglomerado de gente unida em uma casa,afff. Quem se importa?

Corpo de mulher é achado dentro de cama em Mogi das Cruzes (SP); ex é suspeitoPela situação do corpo, que estava há cerca de 5 dias no compartimento, só um exame necroscópico deve determinar causa da morte...

Corpo de Elza Soares deixa o Theatro MunicipalVÍDEO: Corpo de Elza Soares deixa o Theatro Municipal g1

Corpo de Elza Soares é sepultado no Rio de JaneiroO velório da cantora e compositora aconteceu na manhã desta sexta-feira (21), no Theatro Municipal, no Centro do Rio

Da Redação 22/01/22 - 11h56 - Atualizado em 22/01/22 - 11h58 Na manhã de ontem, uma empresária foi encontrada morta dentro de um baú de cama em seu apartamento. A vítima é Ana Carolina Sieiro Rodrigues, de 41 anos, sócia proprietária de um pet shop em Santos, onde vive sua família. O crime aconteceu em Mogi das Cruzes (SP), segundo informações do UOL. De acordo com a SSP (Secretaria de Segurança Pública), na última segunda-feira (17), o pai da empresária registrou seu desaparecimento, alegando que não conseguia contato por mensagem e ligação com a filha há três dias. Após o registro no 1º Distrito Policial, a Polícia Civil passou a investigar o caso como crime passional. Conforme o pai de Ana Carolina, a empresária estava em relacionamento, porém pretendia terminá-lo por descobrir algumas mentiras de seu companheiro. O corpo da empresária foi encontrado durante as investigações do SHPP (Setor de Homicídios e Proteção à Pessoa), quando uma equipe foi até seu apartamento. A causa da morte ainda não foi identificada, resultado aguarda perícia e exame necroscópico. A polícia considera como o principal suspeito do crime o homem com quem Ana Carolina estava em um relacionamento. No entanto, o suspeito — que estava com a prisão temporária decretada pela Justiça — foi achado morto com um tiro na cabeça em um hotel em São Caetano do Sul.