Competição tecnológica apresenta soluções para ajudar restaurantes a superar pandemia

Competição tecnológica apresenta soluções para ajudar restaurantes a superar pandemia -via Jornal da @USPonline

03/06/2020 19:20:00

Competição tecnológica apresenta soluções para ajudar restaurantes a superar pandemia -via Jornal da USPonline

3ª edição da SancaThon reuniu on-line jovens desenvolvedores, designers e profissionais dos ramos de marketing e negócios para criar novos produtos, serviços e tecnologias para o setor alimentício

startup, que já conta com seis estabelecimentos cadastrados em sua plataforma, registrou em poucos dias de funcionamento mais de 220 acessos na página da empresa e 12 intenções de compra, totalizando R$ 700,00. Com o novo negócio, os restaurantes poderão aumentar suas vendas e os clientes ampliar seu poder de compra, ajudando pequenos estabelecimentos a sobreviverem durante a crise. Integraram o grupo criador da

Naja que picou estudante de veterinária no DF vale até R$ 20 mil no comércio ilegal, diz polícia | Distrito Federal | G1 Idoso de 74 anos sobrevive ao cair do 8º andar e ter queda amortecida em SP Primeira-dama Michelle Bolsonaro diz que testes de coronavírus dela e das filhas resultaram negativo

CoGift: Camila Miki Kawamura, arquiteta e designer; Luísa Sheng Li Miaw, gerente de projetos; Luiz Felipe Dolabela Santos, engenheiro eletricista; Rafael D’alessandro Pires, facilitador em inovação e metodologias ágeis; Paulo de Godoy Mancini, redator publicitário; e Igor da Cunha Felix, estudante de administração.

.Foto: Cogift/Divulgação.A equipe que ficou com a terceira colocação na SancaThon criou uma solução para aproximar bares e restaurantes de produtores de hortifruti através de um aplicativo de compras coletivas chamado HORT-E. A ferramenta facilita o contato direto entre as pontas da cadeia do

food service, já que muitas feiras livres estão fechadas durante a quarentena. Com a solução, a ideia é reduzir ou até eliminar custos com intermediários em todo o processo de logística, além de diminuir o tempo de transporte e armazenamento dos produtos, oferecendo alimentos mais frescos e baratos ao consumidor final.

.Foto: SancaThon/Divulgação.Para ingressar no sistema de compras, os estabelecimentos devem fazer um cadastro e informar suas demandas. Os produtores, por sua vez, exibem quais produtos são oferecidos, e podem optar por entrega própria ou solicitar um agente logístico HORT-E para realizar a operação. Os desenvolvedores esperam que em até dois meses o

appjá esteja disponível nas lojas virtuais. Integraram o grupo: Rafael Montanhez,headdecustomer success; o administrador Conrado Barreto; a engenheira de alimentos Lorena Coimbra; Breno Queiroz, estudante de Ciências da Computação do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos; e Vinícius Baca, estudante do curso de Engenharia Mecânica da EESC.

Os três primeiros colocados da SancaThon ganharam premiações em dinheiro, acesso a plataformas de inovação e ingressos para eventos de empreendedorismo. As equipes também tiveram a oportunidade de negociar diretamente com investidores a possibilidade de receberem apoio financeiro ou repasses de propriedade intelectual.

Vacina contra a tuberculose pode estar relacionada à redução de mortalidade por Covid-19, diz estudo Médico da Paraíba toca sanfona e canta forró para pacientes de hospital em Sergipe; veja vídeo Relato de 'pneumonia mais mortal' que Covid-19 é erro em análise de dados, diz governo do Cazaquistão; entenda a polêmica Consulte Mais informação: Estadão »

usponline São 31.199 mil mortos “estou aproveitando cada segundo antes que isso aqui vire uma tragédia.” (Pity) Infelizmente virou uma tragédia e faz tempo. É um Genocida, Eugenista, Mentiroso e INCOMPETENTE. De quem estamos falando?

Lojistas e restaurantes nos EUA fecham suas portas de novo em meio a protestos - Internacional - EstadãoSaques e destruição se seguiram após protestos em todo o país, no momento em que muitos varejistas e restaurantes tentavam voltar à ativa depois da pandemia Inter Inter Inter

CNBB define regras para cerimônias religiosas durante pandemia do coronavírus - Saúde - EstadãoFiéis só poderão tirar as máscaras no momento da comunhão eucarística e terão de dispor de um espaço mínimo de 4 metros quadrados A CNBB virou uma entidade que só dorme, na toca. Impressionante. Todo sindicato quer uma mamata... VOCÊ VOLTARIA A FREQUENTAR MISSAS E CULTOS CASO FOSSEM LIBERADOS PARA REALIZAÇÃO?

Turma da Mônica desenvolve cartilha com orientações para o uso de máscaras durante pandemia - Cultura - EstadãoEstadaoCultura Turma da Mônica desenvolve cartilha com orientações para o uso de máscaras durante pandemia Cultura S2 Cultura E eu achando que eles eram personagens Cultura AlexandreMENTIU e o MaiaApoiaAntifas? ? POIS DEBOCHOU DO PROJETO DE LEI QUE CLASSIFICA COMO TERRORISTAS, QUE DELINQUENCIAL É ESSA DESSES CARAS. ACHAM QUE SOMOS MOLEQUES! AJUDA A SUBIR !

Combater a pandemia é uma necessidade para a recuperação da economia, aponta FMIEstudo feito por economistas do fundo aponta que medidas de contenção provocaram enormes custos econômicos de curto prazo, mas salvarem centenas de milhares de vidas. FORA BOLSONARO GENOCIDA! ForaBolsonaro BolsonaroGenocida ImpeachmentBolsonaro BolsonaroAcabou Somos70porcento até pq se todo mundo morrer não tem economia né Se todo mundo morrer, não vai ter economia né

Sem condições de treinar no Brasil, COB enviará 200 atletas para EuropaComitê Olímpico do Brasil cria programa emergencial para ajudar esportistas a se prepararem para competições classificatórias para os Jogos de Tóquio-2020 Pra que mesmo? nao e melhor investir en investigacao do covid19 O Brasil vivencia uma espécie de espírito olímpico do mal! Sim em ano de olímpiada, o país parece rumar a passos largos em busca do pódio. A prata do número de casos já está no papo, já o bronze está esperando a flexibilização, mas a prata e o ouro podem vir com a volta às aulas jairbolsonaro o Brasil todo endividado e vai gastar dinheiro com isso? Acho que temos outras prioridades no momento não concordam?FlavioBolsonaro LulaOficial

Maia sobre impeachment: 'A gente não pode colocar lenha na fogueira' - CartaCapitalPresidente da Câmara defende que prioridade do país seja enfrentar a pandemia do novo coronavírus Covarde! E depois perguntam porque o Bozo pinta e borda. Com o central na folha de pagamento e o covarde na presidência não tem com o que se preocupar mesmo. Agora é hora de agir e não de negociar. Fraco. Somos70porcentro Vendido do caralho.