Como girafas resolvem problema que mata milhões de pessoas todos os anos - BBC News Brasil

Com pescoços excepcionalmente longos, as girafas precisam manter uma pressão sanguínea extraordinariamente alta — como elas fazem isso sem adoecer? #ArquivoBBC

17/10/2021 06:08:00

Com pescoços excepcionalmente longos, as girafas precisam manter uma pressão sanguínea extraordinariamente alta — como elas fazem isso sem adoecer? ArquivoBBC

Por causa de sua altura, girafas precisam de uma pressão sanguínea assustadoramente alta — mas não apresentam problemas de saúde que afetam pessoas com hipertensão.

Fim do Talvez também te interesseIsso não abala as girafas, mas uma pressão assim causaria todos os tipos de problemas nos seres humanos, desde insuficiência cardíaca até insuficiência renal e tornozelos e pernas inchados.

Alto, médio ou baixo? Os riscos de contrair covid-19 nas festas de fim de ano, segundo um grupo pesquisadores espanhóis Doria vence as prévias do PSDB e será o candidato do partido a presidente da República Masturbação em 'Um Lugar ao Sol' não foi a 1ª em novelas l SEMANA POP l g1

Nas pessoas, a hipertensão arterial crônica leva a um espessamento dos músculos do coração.O ventrículo esquerdo fica mais rígido e menos capaz de se encher de sangue novamente após cada contração, levando a uma doença conhecida como insuficiência cardíaca diastólica, caracterizada por fadiga, falta de ar e capacidade reduzida de praticar exercícios.

Esse tipo de insuficiência cardíaca é responsável por quase metade dos 6,2 milhões de casos de insuficiência cardíaca nos Estados Unidos atualmente.Quando a cardiologista e bióloga evolucionista Barbara Natterson-Horowitz, das universidades de Harvard e da Califórnia em Los Angeles (Ucla), examinou o coração das girafas, ela e um dos seus alunos descobriram que o ventrículo esquerdo ficava mais espesso, mas sem o enrijecimento ou fibrose que ocorreria nos seres humanos. headtopics.com

Os pesquisadores também descobriram que as girafas apresentam mutações em cinco genes relacionados à fibrose.Em sintonia com essa descoberta, outros pesquisadores que examinaram o genoma da girafa em 2016 encontraram várias variantes genéticas, específicas da girafa, relacionadas ao desenvolvimento cardiovascular e à manutenção da pressão sanguínea e da circulação.

E, em março de 2021, outro grupo de pesquisa identificou variantes específicas da girafa em genes envolvidos na fibrose.E a girafa tem outro truque para evitar a insuficiência cardíaca: o ritmo elétrico de seu coração difere do de outros mamíferos.

Nas girafas, a fase de enchimento ventricular do batimento cardíaco é prolongada, descobriu Natterson-Horowitz. (Nenhum de seus estudos foi publicado ainda.)Isso faz com que o coração bombeie mais sangue a cada contração, permitindo que a girafa corra com força, apesar de seu músculo cardíaco mais espesso.

"Tudo o que você precisa fazer é olhar a foto de uma girafa em fuga", diz Natterson-Horowitz, "e você percebe que a girafa resolveu o problema."Natterson-Horowitz está voltando sua atenção agora para outro problema que as girafas parecem ter solucionado: a pressão alta durante a gravidez, uma condição conhecida como pré-eclâmpsia. headtopics.com

João Doria abre a terceira via - ISTOÉ Independente Vídeo mostra balsas usadas no garimpo ilegal sendo queimadas no rio Madeira Eleito o melhor da Libertadores, Gabigol diz: 'Nem lembrava como era perder um título, dói muito’ - Esportes - Estadão

Nos seres humanos, pode levar a complicações graves que incluem danos ao fígado, insuficiência renal e descolamento da placenta.Mas as girafas parecem se sair bem.Natterson-Horowitz e sua equipe esperam estudar as placentas de girafas grávidas para ver se elas têm adaptações únicas que permitam isso.

Pessoas que sofrem de hipertensão também são propensas a inchaços incômodos nas pernas e tornozelos porque a pressão alta força a água para fora dos vasos sanguíneos, indo para os tecidos.Mas basta olhar para as pernas esguias de uma girafa para saber que elas também resolveram esse problema.

Crédito,C. Aalkjær & T. Wang / AR Physiology 2020Legenda da foto,Girafas mantêm pressão sanguínea extraordinariamente alta, mas isso não parece causar problemas de saúde"Por que não vemos girafas com as pernas inchadas? Como elas estão protegidas contra a enorme pressão lá embaixo?", questiona Christian Aalkjær, fisiologista cardiovascular da Universidade de Aarhus, na Dinamarca, que escreveu sobre as adaptações das girafas à pressão alta na Annual Review of Physiology de 2021.

Em parte, pelo menos, as girafas minimizam o inchaço com o mesmo truque que as enfermeiras aplicam em seus pacientes: meias de compressão, um tipo de meia-calça justa e elástica que comprime os tecidos das pernas e evita o acúmulo de líquido. headtopics.com

As girafas conseguem o mesmo feito por meio de um revestimento apertado de tecido conjuntivo denso.A equipe de Aalkjær testou o efeito disso injetando uma pequena quantidade de solução salina sob o revestimento nas pernas de quatro girafas que foram anestesiadas por outros motivos.

Para ser bem-sucedida, a injeção exigiu muito mais pressão na parte inferior da perna do que uma injeção equivalente no pescoço, observou a equipe, indicando que o revestimento ajudou a resistir à infiltração.

Brancos usam 'humor' e 'amigo negro' para perpetuar discriminação, diz autor de 'Racismo Recreativo' - BBC News Brasil Porquinho amarrado com bandeira do Palmeiras no Rio é resgatado por protetores de animais Torcedores do Palmeiras fazem festa e aglomeração nos arredores do Allianz Parque após vitória da Libertadores

As girafas também têm artérias de paredes espessas próximas aos joelhos que podem atuar como restritores de fluxo, conforme Aalkjær e seus colegas descobriram.Isso pode diminuir a pressão arterial na parte inferior das pernas, da mesma forma que uma dobra em uma mangueira de jardim faz com que a pressão da água diminua além da dobra.

Crédito,Getty ImagesLegenda da foto,Pernas esguias da girafa revelam que elas não sofrem inchaço comum em humanos com pressão altaAinda não está claro, no entanto, se as girafas abrem e fecham as artérias para regular a pressão da parte inferior da perna conforme necessário.

"Seria divertido imaginar que, quando a girafa está parada lá fora, ela está fechando esse esfíncter logo abaixo do joelho", diz Aalkjær."Mas não sabemos."Aalkjær tem mais uma pergunta sobre esses animais notáveis.

Quando uma girafa levanta a cabeça após se abaixar para beber água, a pressão sanguínea no cérebro deve cair precipitadamente — uma versão mais acentuada da tontura que muitas pessoas sentem quando se levantam repentinamente.

Por que as girafas não desmaiam?Pelo menos parte da resposta parece ser que as girafas são capazes de amortecer essas mudanças repentinas na pressão arterial.Em girafas anestesiadas cujas cabeças podiam ser levantadas e abaixadas com cordas e roldanas, Aalkjær observou que o sangue se acumula nas grandes veias do pescoço quando a cabeça está abaixada.

Elas armazenam mais de um litro de sangue, reduzindo temporariamente a quantidade de sangue que retorna ao coração.Com menos sangue disponível, o coração gera menos pressão a cada batimento enquanto a cabeça está abaixada.

Quando a cabeça é erguida novamente, o sangue armazenado corre subitamente de volta ao coração, que responde com uma contração forte de alta pressão que ajuda a bombear o sangue para o cérebro.Ainda não está claro se isso é o que acontece em animais não-anestesiados que se movimentam livremente, embora a equipe de Aalkjær tenha registrado recentemente a pressão e o fluxo sanguíneo de girafas nestas circunstâncias a partir de sensores implantados nelas — e espera ter uma resposta em breve.

Então será que podemos aprender algumas lições com as girafas?Nenhuma das descobertas resultou ainda em uma terapia clínica específica. Mas isso não significa que não vão, diz Natterson-Horowitz.Mesmo que algumas das adaptações provavelmente não sejam relevantes para a hipertensão em humanos, elas podem ajudar os cientistas biomédicos a refletir sobre o problema de novas maneiras e encontrar abordagens inovadoras para essa doença tão comum.

Consulte Mais informação: BBC News Brasil »

Os 9 limites que mantêm a Terra em equilíbrio - BBC News Brasil

A nossa repórter Camila Veras Motta explica que limites são esses neste vídeo.

Só delas não votarem em neonazista já fazem muito mais pela humanidade do que alguns milhões de brasileiros Elas têm defesas naturais contra hipertensão. Pronto, salvei vocês do clickbait “Como a evolução das girafas resolveu problema que mata milhões de pessoas todos os anos”. Afinal, as girafas não sentaram em comitê para resolver este problema.

Eu mesmo não entendo pq paro pra ler essas reportagens aleatórias... Eu não sei, mas elas são maravilhosas. Sou apaixonado por girafas. amndpn provas que girafas n existem

Como ver pornografia faz cérebro voltar a estado juvenil - BBC News BrasilCom onipresença e disponibilidade de dispositivos conectados à internet, acesso à pornografia é mais fácil do que nunca, mas seu consumo traz sérios efeitos negativos. Pornografia = morte O/ Me sinto cada vez mais jovem

5 números que refletem avanço da vacinação contra covid no Brasil - BBC News BrasilO avanço da campanha de imunização está diretamente relacionado com a queda nos números de casos, hospitalizações e mortes pela infecção com o coronavírus. Entenda como chegamos até aqui e o que deve ser feito para controlar de vez a pandemia. Apesar do BolsoNero. Brasileiro tem a cultura da vacinação, não é o Bolsoanta que vai mudar isso. SÓ O GOVERNO FEDERAL COMPROU VACINAS DE COVID JÁ DISTRIBUIU 315 MILHÕES DE DOSES 67% TOTALMENTE VACINADOS NO MINIMO 47% IMUNIZADOS NATURALMENTE OS VERDADEIROS IMUNIZADOS! TRATAMENTO PRECOCE SALVA VIDAS! NÃO AO PASSAPORTE VACINAL! NÃO AO USO OBRIGATÓRIO DE MÁSCARAS! VIDA NORMAL JÁ

Os argumentos da Microsoft para fechar o LinkedIn na China - BBC News Brasil'Estamos enfrentando um ambiente operacional significativamente mais desafiador e com mais requisitos na China', escreveu o vice-presidente da rede Mohak Shroff. Será que con luls de volta seremos “comunistas” ele tb sai do Brasil ? Kk

A história da primeira grande epidemia de doença com transmissão sexual - BBC News BrasilAo longo de séculos, muitas teorias foram elaboradas para explicar a origem da sífilis, que fazia com que doentes gritassem de dor à noite. A doença se espalhou pela Europa rapidamente e atingiu plebeus, reis e até monges. Epidemia de chato baita click bait kkkkkkkkkkkkkkk 'CIÊNCIAS OCULTAS' ACREDITE, SE QUISER !!!!!! ******OS SERES HUMANOS PRIMORDIAIS, FORAM CRIADOS SEM NENHUMA DOENÇA, E RECEBERAM PROTEÇÕES NATURAIS PREVENTIVAS. DOENÇAS SEXUAIS SURGIRAM ATRAVÉS DE ATOS NÃO DIRECIONADOS, EXCLUSIVAMENTE, PARA REPRODUÇÃO DA VIDA

A macabra pilha de ossos humanos descoberta em caverna na Arábia Saudita - BBC News BrasilSegundo arqueológos, são centenas de milhares de ossos que pertencem a pelo menos 14 tipos de animais e até humanos; eles teriam sido estocados provavelmente por hienas nos últimos 7 mil anos. ricardoosanc6 Esses doguinhos inventam cada uma! Incrível...

Renan diz que amizade com Lula não tira legitimidade da CPI - BBC News BrasilNa relatoria da comissão, Calheiros voltou a atrair as atenções ao atuar como investigador principal das condutas do governo federal em relação ao enfrentamento à pandemia. Em entrevista à BBC, ele comenta relação com Lula e faz acusações contra Bolsonaro. Eu conto ou vocês contam?🤣🤣🤣🤣🤣 CPI do Lula. ...e se envolveu com um lobista da empreiteira Mendes Júnior, responsável por pagar a pensão alimentícia da jornalista Mônica Veloso, com quem teve um caso extraconjugal e uma filha ?