Clubes vão dar 20 dias de férias aos elencos e descartam negociação salarial coletiva - Esportes - Estadão

@EstadaoEsporte Clubes vão dar 20 dias de férias aos elencos e descartam negociação salarial coletiva

27.3.2020

EstadaoEsporte Clubes vão dar 20 dias de férias aos elencos e descartam negociação salarial coletiva

Após reunião com a CBF sobre a paralisação do calendário, equipes descartam novas propostas e vão resolver impasse individualmente

Foram duas rodadas de conversas e de discordâncias . O principal entrave foi delimitar quando começaria e qual seria a duração das férias coletivas. O outro ponto foi determinar qual seria a redução salarial caso a suspensão do calendário nacional durasse mais do que o período de descanso. Pelo menos a reunião desta quinta resolveu uma dessas pendências, ao determinar que os times vão dar 20 dias de férias aos jogadores a partir de 1º de abril. Agora, caberá aos clubes definir a parte mais espinhosa, que trata de redução salarial. Os dirigentes alegam ser difícil manter as despesas enquanto não há campeonatos em andamento, principalmente pela falta de recursos com bilheteria e patrocínio. Por isso, cada equipe precisará analisar com os respectivos jogadores qual será o valor da redução e por quanto tempo valerá. A iniciativa de negociações individuais, em vez do pacote coletivo, já era vontade de algumas equipes. Inicialmente a CNC, liderada pelo presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, tinha o desejo de que após o período de férias, os jogadores tivessem um desconto de 50% no primeiro mês de salários e o contrato suspenso caso a paralisação atingisse o segundo mês. O debate definiu que no dia 15 de abril será realizada uma nova videoconferência para avaliar a situação da pandemia no Brasil. O diretor de competições da CBF, Manoel Flores, afirmou no encontro que apesar da interrupção, a entidade quer manter a Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro nos mesmos formatos, pois considera haver datas disponíveis para acomodar todas as partida. Entre as equipes que já começaram a discutir internamente os acordos forçados pela pandemia estão o Grêmio, Fortaleza e o Ceará. Com essa proposta, as equipes antecipam para abril as férias que seriam entre dezembro e janeiro. Na manhã desta quinta, de uma outra negociação com os atletas, com férias de 20 dias em abril e redução salarial de 25% ao fim desse período. Confira a nota na íntegra: A CNC (Comissão Nacional de Clubes), órgão estatutário da CBF, porém de atuação independente, representando os clubes das Séries A, B, C e D do futebol brasileiro, informa que: Realizou nesta quinta-feira, dia 26, com a representação de 30 clubes de todas as séries, por videoconferência, uma nova reunião para deliberar sobre a contra-proposta apresentada pelas entidades representativas dos atletas, diante da suspensão das competições por tempo indeterminado. Levando em consideração o cenário de dificuldades que permanece no Brasil a partir das previsões das autoridades sanitárias, bem como a Medida Provisória editada pelo Governo Federal (Art. 6, 9, 11 e 12), os clubes não aceitaram a propostas feitas pelos atletas e de forma unânime resolveram e decidiram o seguinte: 1 - Concessão de Férias Coletivas de 20 dias a todos os atletas, no período compreendido entre os dias 1 de abril e 20 de abril de 2020, em consonância com a Medida Provisoria 927, de modo que os clubes - e somente eles - arcarão integralmente com a manutenção das atividades futebolísticas durante tal período; 2 - Garantia aos atletas do período de 10 dias restantes de férias no final do ano de 2020 ou no início de 2021, adequadas ao calendário que se desenhará após o retorno da paralisação; 3- Negociar individualmente com seus atletas e demais funcionários do departamento de futebol no que tange a outras medidas que possam ser adotadas no período de paralisação; 4- Seguir promovendo reuniões e debates ao longo dos próximos 20 dias para que possam implementar novas medidas em caráter de emergência caso seja necessário; 5- Aguardar novas medidas dos Governos Federal e Estaduais diante do estado de calamidade pública, para avaliar possíveis reduções em remunerações que possam ser estabelecidas; A CNC esclarece ainda, que já enviou este comunicado à FENAPAF para que repasse aos sindicatos e aos atletas. A CNC segue acreditando que o acordo coletivo a nível nacional seria o caminho ideal para a solução da grave situação econômica, mas infelizmente não foi possível, razão pela qual, os clubes optaram por manter sua posição de conceder férias a todos, preservando o calendário do futebol brasileiro, os regulamentos e consequentemente as receitas oriundas das competições, que fazem parte da base de remuneração de todos os profissionais do futebol. Notícias relacionadas Consulte Mais informação: Estadão

Jogadores recusam redução salarial dos clubes e querem férias coletivas de 30 dias - Esportes - EstadãoJogadores recusam redução salarial dos clubes e querem férias coletivas de 30 dias (via EstadaoEsporte) Esporte demite! Esporte Mais uma pra tirar o sono do Bolsonaro. Se quebrar, como continuarão aumentando a dívida bilionária no INSS? Não vai ter jeito. Ele vai ter que intervir e pagar um salário mínimo aos jogadores. JuntosVenceremos Esporte Mais uma pra tirar o sono do Bolsonaro. Se quebrarem, como continuarão aumentando a dívida bilionária no INSS? Não vai ter jeito. Ele vai ter que intervir e dar R$200 aos jogadores. JuntosVenceremos

Clubes da Série B decidem dar férias e reduzir salários dos jogadores em 25% - Esportes - EstadãoTimes participantes do campeonato anunciam as medidas para diminuir despesas durante a paralisação do futebol Esporte ImpeachmentDoDoria Esporte Marcelo moreno não gostou disso kkk Esporte Cruzeiro reduzir maissss!! Kkkkkk😋😋😋😋😅😅😅😅😅😅🤫🤫😘

Equipes da Alemanha criam fundo de R$ 110 milhões para ajudar clubes em crise - Esportes - EstadãoEstadaoEsporte Equipes de futebol da Alemanha criam fundo de R$ 110 milhões para ajudar clubes em crise Esporte outro 7 a 1

Jogadores do Bayern e outros clubes alemães aceitam redução de salário - Esportes - EstadãoJogadores do Bayern e outros clubes alemães aceitam redução de salário para ajudar seus dirigentes a lidar com a crise criada pela pandemia de coronavírus - via EstadaoEsporte Esporte neste momento a Alemanha faz mais 100 gols.. o placar esta Alemanha 1.224.654.122.544.452.111 x 1 Brasil Esporte O 7x1 não tem fim Ary_AntiPT Esporte GloboLixo BandLixo folhasp estadao progressistas são os responsáveis pelo virushisteria virusdopanico PesteVermelha

Após reunião, clubes apoiam a permanência dos pontos corridos e concedem férias de 20 diasCBF tenta readequar calendário e não entra em acordo com a Federação Nacional dos Atletas. Cada time é liberado para negociar diretamente com seus jogadores Mata Mata lancetricolor Boa. Ótima notícia, decisão sensata 👏👏👏🏽

BBB 20: Internautas especulam possível beijo entre Marcela e Gizelly - ISTOÉ IndependenteAffair de Marcela no Big Brother Brasil, Daniel deixou a casa na última terça-feira (24) sendo eliminado em paredão contra Ivy e Flay. E a fila parece ter andado para a sister, pelo menos é o que os internautas estão especulando. Nesta madrugada, Marcela foi para debaixo do edredom com Gizelly. Deitadas na cama, elas …



Autor de vídeo compartilhado por Bolsonaro pode pegar seis meses de prisão - Política - Estadão

Juiz manda Bolsonaro excluir igrejas da lista de serviços essenciais

Idosa de 104 anos ganha parabéns da janela em Porto Alegre: 'Uma coisa como esta, nunca pensei que ia passar'

Brasil tem 299 mortes e 7.910 casos confirmados de coronavírus, diz ministério

Villas Bôas: ‘Ninguém tutela o Bolsonaro’ - Política - Estadão

Cantor Paulynho Paixão morre após sofrer dois acidentes em menos de 3 horas no Piauí

A guerra continua - Política - Estadão

Escrever Comentário

Thank you for your comment.
Please try again later.

Últimas Notícias

Notícia

27 março 2020, sexta-feira Notícia

Notícias anteriores

Criatividade e união ajudam favelas no combate ao novo coronavírus - Brasil - Estadão

Próxima notícia

Peixes de laboratórios, startups avançam nesta área - Mar Sem Fim
Está na hora de começarmos a falar sobre Mourão - ISTOÉ Independente Twitter apaga publicações de Silas Malafaia que infringiam regras sobre coronavírus Atacado por Bolsonaro, Mandetta se aconselha com Alcolumbre e Maia | Radar Governo Bolsonaro tem 42% de avaliação 'ruim' ou 'péssima' em abril, diz pesquisa - Política - Estadão A postura equivocada de Bolsonaro diminui o país aos olhos do mundo Maia diz que falta de compreensão em partes do governo sobre coronavírus 'atrasa' planejamento da Saúde Chega de inveja, minha gente: deixem a Maju trabalhar | Tela Plana Facebook, Instagram e Youtube apagam vídeo de Silas Malafaia - CartaCapital Antes de 'canetada', Bolsonaro tentará mais uma vez discutir fim de isolamento com Congresso e STF - Política - Estadão Juristas denunciam Bolsonaro no Tribunal Penal Internacional por crime contra a humanidade - CartaCapital Maia diz que Mandetta tem apoio do parlamento e não vai pedir demissão após críticas de Bolsonaro - Política - Estadão Cemitério em São Paulo. A foto que jamais gostaríamos de publicar
Autor de vídeo compartilhado por Bolsonaro pode pegar seis meses de prisão - Política - Estadão Juiz manda Bolsonaro excluir igrejas da lista de serviços essenciais Idosa de 104 anos ganha parabéns da janela em Porto Alegre: 'Uma coisa como esta, nunca pensei que ia passar' Brasil tem 299 mortes e 7.910 casos confirmados de coronavírus, diz ministério Villas Bôas: ‘Ninguém tutela o Bolsonaro’ - Política - Estadão Cantor Paulynho Paixão morre após sofrer dois acidentes em menos de 3 horas no Piauí A guerra continua - Política - Estadão Marta Suplicy filia-se ao Solidariedade e pode concorrer nas eleições municipais - ISTOÉ Independente Guinada de Bolsonaro surpreende médicos que se reuniram com ele Câmeras de segurança mostram galpão da Ceasa com mercadorias no mesmo dia em que vídeo postado por Bolsonaro foi gravado Técnico de enfermagem morre infectado pelo coronavírus, diz Secretaria de Saúde; número de mortos chega a três no RN Prass: ‘Se os políticos fossem cobrados como jogadores estaríamos melhor’