Chuvas em Alagoas deixam 40 mil desabrigados e um morto

04/07/2022 17:45:00

Defesa Civil procura por uma pessoa desaparecida após a subida das águas atingir 51 cidades do estado

Defesa Civil procura por uma pessoa desaparecida após a subida das águas atingir 51 cidades do estado

Defesa Civil procura por uma pessoa desaparecida após a subida das águas atingir 51 cidades alagoanas...

Rádio BandNews FM04/07/2022 • 09:53 - Atualizado em 04/07/2022 • 11:24Instituto Nacional de Meteorologia prevê que o mês de julho será com chuvas acima da médiaFoto: Governo do Estado de AlagoasQuase 40 mil pessoas estão desabrigadas ou desalojadas em Alagoas após as fortes chuvas que atingem o estado desde a sexta-feira (1). Pelo menos uma morte foi confirmada e uma pessoa está desaparecida. 51 cidades estão em situação de emergência.

Consulte Mais informação:
Band.com.br »

Neymar vai a campo e se aproxima de retorno à seleção nas oitavas de final da Copa do Mundo

Atacante passou por testes no CT em que o Brasil treina, em Doha, e revelou estar praticamente recuperado da lesão no tornozelo direito Consulte Mais informação >>

A censura na Unicamp e arte de fazer do arbítrio uma defesa da democraciaA mobilização da esquerda estudantil arrogou a si o poder de decidir quem deve ou não falar. Não se trata apenas de autoritarismo. Trata-se, antes de tudo, de estupidez Opinião lúcida sobre democracia e o papel do intelecto e no confronto das ideias e combate a censura. É sempre bom ver que sobrou esquerda com alguma lucidez. Com uma esquerda assim que nem vcs, nem precisava da direita. enche o cu de liberalismo e fala merda

Lei Orgânica da Polícia Civil é sancionada, depois de sete meses de discussões

Cheias de rios deixam 2 mortos e expulsam 40 mil de casa em AlagoasAo menos duas pessoas morreram em Alagoas em decorrência das cheias dos rios desde a sexta-feira (1º), segu será que o Lira vai construir uma barraquinha pra mandar verba pra ajudar? Ou o Collor vai lá em nome do Bolsonaro? UOL Que Deus proteja o povo de Alagoas e que os Governantes cumpram suas obrigações. Aguentem firme, Alagoas, que o Arthur Lira tá mandando kits de robótica superfaturados pra vocês! CPIdoMEC ForaLira

Alagoas tem 50 municípios em emergência por causa das chuvasAlagoas tem 50 municípios em emergência por causa das chuvas Defesa Civil afirma que 40 mil pessoas estão desalojadas e serão levadas para escolas, ginásios e prédios públicos R7 portalr7

SBT News - A sua fonte segura de informação

Duas pessoas morrem em decorrência de fortes chuvas em AlagoasEstado tem 39.285 mil pessoas que estão desabrigadas ou desalojadas Lamentável...mas falando em números de mortos, vamos aos fatos! CnnLixo PTePCCjuntos

Defesa Civil procura por uma pessoa desaparecida após a subida das águas atingir 51 cidades alagoanas Rádio BandNews FM 04/07/2022 • 09:53 - Atualizado em 04/07/2022 • 11:24 Instituto Nacional de Meteorologia prevê que o mês de julho será com chuvas acima da média Foto: Governo do Estado de Alagoas Quase 40 mil pessoas estão desabrigadas ou desalojadas em Alagoas após as fortes chuvas que atingem o estado desde a sexta-feira (1).Apoie Siga-nos no Não faz muito tempo.A Depois de meses de discussão entre categorias e o governo estadual, a Lei Orgânica da Polícia Civil foi sancionada nesta sexta-feira (dia 1), em solenidade na Cidade de Polícia, na Zona Norte do Rio.FAB atira contra aeronave com 500 kg de cocaína; suspeitos conseguem fugir Até agora, o governo decretou situação de emergência em 51 cidades.

Pelo menos uma morte foi confirmada e uma pessoa está desaparecida. 51 cidades estão em situação de emergência. Um grupo de alunos se reuniu e resolveu marchar em direção ao Pavilhão de Aulas da Federação (PAF III) com o propósito de impedir a exibição do filme O Jardim das Aflições , de Josias Teófilo, sobre o guru da extrema-direita brasileira, Olavo de Carvalho. O município com maior número de desabrigados e desalojados é Coruripe, no litoral sul, de acordo com a Defesa Civil. Também estiveram presentes o secretário de Polícia Civil, o delegado Fernando Albuquerque, e o ex-secretário e pré-candidato a deputado federal pelo PL, Allan Turnowski, além de outros quadros da Polícia Civil. Vinte e nove estão em situação mais crítica, com rodovias interditadas e serviços de água e energia comprometidos. Tratou-se de mais uma de tantas manifestações e atitudes arbitrárias e totalitaristas de certa militância estudantil de esquerda. Pelo menos 24 municípios são apoiados pela Defesa Civil Nacional. Ainda segundo Dantas, mais de 300 servidores do Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e demais órgãos trabalham no socorro e assistência às vítimas.

Os técnicos, que fazem parte do Grupo de Apoio a Desastres, chegaram no sábado (02) durante a noite e atuam no planejamento de ações para diminuir os impactos dos desastres. A quem falta a informação, na quarta-feira passada, candidatos do Partido Novo, dentre eles Fernando Holiday, vereador por São Paulo e conhecido por sua militância no Movimento Brasil Livre, foram impedidos de dar uma palestra na Unicamp. Não por falta de capacidade humana, mas por falta de capacidade estrutural — afirmou o governador, durante o evento. Além da Defesa Civil, as Forças Armadas e a PRF vão apoiar as ações de socorro e assistência humanitária, por meio de veículos e aeronaves. No início de junho, um outro temporal atingiu o estado, deixando 35 municípios em situação emergência. Não se trata apenas de arbítrio e autoritarismo. O Instituto Nacional de Meteorologia prevê que o mês de julho será com chuvas acima da média no norte e no leste da região Nordeste. Depois de muita discussão entre governo, deputados, entidades e Ministério Público, o texto final, relatado por Amorim na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), foi aprovado na Casa na última quinta-feira (dia 23) e enviado ao governador para a sanção. Os volumes devem ficar acima dos 140 milímetros. Trata-se de converter uma noção primordial da livre circulação de ideias e fomento do debate público diverso e plural em campos de concentração do proselitismo político e do dogmatismo ideológico. As doações podem ser entregues no quartel do Corpo de Bombeiros, no Trapiche da Barra.

Veja também .