Coronavirus Covid-19, Pandemia, Coronavirus, Enfermedades İnfecciosas, Enfermedades Respiratorias, Bruselas, Unión Europea, España, Economía, Crisis Económica Coronavirus Covid-19, Crisis Económica, Ursula Von Der Leyen, Paolo Gentiloni, Parlamento Europeo

Coronavirus Covid-19, Pandemia

Bruxelas aprova o maior plano de recuperação da história da União Europeia: 750 bilhões de euros

Pacote que ainda será apresentado ao Parlamento Europeu prevê que dois terços do total serão subsídios a fundo perdido

27/05/2020 15:30:00

Pacote que ainda será apresentado ao Parlamento Europeu prevê que dois terços do total serão subsídios a fundo perdido

Pacote que ainda será apresentado ao Parlamento Europeu prevê que dois terços do total serão subsídios a fundo perdido

solicitou em uma dura resolução aprovada neste mês, mas se aproxima do trilhão de euros discutido nos últimos dias. O documento que sairá dos quartéis-generais da Comissão deverá receber a luz verde tanto do Parlamento Europeu, muito exigente quanto ao alcance do plano, como dos Estados membros, onde se antevê uma áspera batalha. Segundo fontes da comunidade, a proposta que Ursula von der Leyen destina à

‘Imagem de Jesus’ que aparece em tronco de árvore após poda intriga operários em MS Idoso de 74 anos sobrevive ao cair do 8º andar e ter queda amortecida em SP Em áudio, deputado ameaça desmatar, destruir terras e atacar procurador que não der aval à grilagem em RO

Espanha75 bilhões de euros em ajuda não reembolsável.O “salto qualitativo na solidariedade europeia”, como o definiu o vice-presidente da Comissão, Josep Borrell, assusta alguns países do norte, que temem o começo de uma “união de dívidas” ou uma “união de transferências financeiras”. Para os sócios do sul, o novo Fundo de Recuperação é um sinal de esperança e uma compensação justa para manter um mercado interno que beneficia principalmente o norte e que, sem um reequilíbrio nas ajudas pelo coronavírus, poderia voar pelos ares.

As ajudas públicas nacionais autorizadas como resultado da pandemia já superam os dois trilhões de euros, mas quase metade disso foi concedida pelaAlemanha às suas empresas, enquanto as ajudas oferecidas pela quarta maior economia do bloco, a Espanha, por exemplo, não chegam a 4% do total. O enorme desequilíbrio ameaça a capacidade de sobrevivência das empresas situadas nos países mais golpeados pela pandemia. E tanto Bruxelas como

acabaram por reconhecer o risco de fragmentação do mercado se as empresas de todos os países não puderem competir em igualdade de condições. Consulte Mais informação: EL PAÍS Brasil »

Governo alemão aprova ajuda de 9 bilhões de euros para Lufthansa - Economia - EstadãoOs ministérios das Finanças e da Economia da Alemanha afirmaram que a companhia está operacionalmente saudável e rentável, mas está com problemas devido à pandemia Economia Não conheço um eleitor do Bolsonaro que esteja arrependido, pelo contrário, já iniciamos a campanha pra 2022. É o melhor presidente de todos os tempos!!!! Economia Comunistas! Economia Keynes dando boas risadas em seu túmulo...

Há 108 anos nascia Carvalho Leite, artilheiro do Botafogo nos anos 30Jogador atuou apenas pelo Glorioso em doze anos de carreira nos gramados e é até hoje o segundo maior artilheiro da história do clube, com 275 gols, atrás apenas de Quarentinha Belíssima carreira dentro e fora dos gramados..................

Volta da vida noturna preocupa políticos na Itália - Internacional - EstadãoMedo é de que uma segunda onda da doença possa atrasar plano de reabertura no país Inter A humanidade ou parte dela ainda não entendeu.... entenderá um dia? Inter Políticos hummmmmm 🤔 Inter Estadão lixo embusteiro! Essa porra de mídia mercenária tem que sumir pra sempre.

Puxada pela queda nos combustíveis, prévia da inflação recua 0,59% em maio - Economia - EstadãoDeflação registrada pelo IPCA-15 é a maior desde o início do Plano Real; preço da gasolina caiu 8,51% e representou o maior impacto negativo no índice

Socorro de BNDES e bancos à Latam deve mudar com recuperação judicial nos EUA - Economia - EstadãoA operação brasileira da Latam, ao lado da argentina e paraguaia, ficou de fora do pedido de recuperação judicial nos EUA - ao menos até agora

Próximo desafio é evitar que companhias aéreas afundem sob peso da dívida, diz IataPróximo desafio é evitar que companhias aéreas afundem sob peso da dívida, diz associação do setor aéreo G1 HelenoTraidordaPatria ForaBolsonaro TorcedoresAntifascistas STFVergonhaNacional