Brasil registra 49,4 mil novos casos conhecidos de Covid em 1 dia

16/01/2022 02:06:00

Brasil registra 49,4 mil novos casos conhecidos de Covid em 1 dia #g1

Brasil registra 49,4 mil novos casos conhecidos de Covid em 1 dia g1

País tem 621.007 óbitos e 22.975.323 casos registrados do novo coronavírus, segundo dados reunidos pelo consórcio de veículos de imprensa.

Brasil, 15 de janeiroEm seu pior momento, a curva da média móvel nacional de casos chegou à marca de 77.295 novos casos diários, no dia 23 de junho de 2021.O país também registrou 160 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando 621.007 óbitos desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes nos últimos 7 dias é de 147. Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de +49%, indicando tendência de alta nos óbitos decorrentes da doença.

Consulte Mais informação:
g1 »

Campanhas mobilizam esforços para reta final antes do 1º turno das eleições

Neste episódio do E Tem Mais, Carol Nogueira apresenta um balanço das expectativas para as últimas horas da corrida presidencial antes da votação de domingo Consulte Mais informação >>

Festas de final de ano, isso não é novidade pra ninguém..calma que ainda tem o carnaval Culpa do Boso ! Numa notícia dizem que vacina funciona, na outra dizem que novos casos de covid explodiram., 🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣

Eu entro nesses posts pra ficar puto com anti-vac e decidir pela 35° vez que nunca mais usarei o twitter Quantos sao VACINADOS e quantos sao NAO VACINADOS? Agora acrescentaram mais umapalavra, o conhecidos Eu tomei vacina de sarampo uma única vez e nunca mais peguei sarampo!!! Amanhã vai ser eu e mais 2 incluido na estatística

🚨Já disponível🚨 Deiivy Pedro - Sintonia ____________________ ⓂBaixar:🌐Baixar no blog:🎬Assistir: Vai cair nas próximas semanas seus terroristas midiáticos da Os casos aparecem muito mais porque no inicio o protocolo era ficar em casa e procurar a unidades de saúde somente quando as pessoas sentissem falta de ar. Os assintomáticas nunca foram testadas. No entanto, agora todos estão fazendo testes, alguns até semanais.

Brasil ultrapassa 100 mil casos diários de Covid e ultrapassa 200 mortes diárias | CNN BrasilO Brasil registrou 112.286 casos de Covid-19 e 251 mortes decorrentes da doença nas últimas 24 horas desta sexta-feira; com isso, o país mais que dobrou o número de mortes em relação ao dia anterior, quando foram registradas 174 mortes

O jornal informou que a Emergência do Hospital Federal Cardoso Fontes fechou as portas pela falta de profissionais e que existe déficit de 15 MIL PROFISSIONAIS nos Hospitais Federais. LEMBRO QUE EXISTE UMA LISTA DE CLASSIFICAÇÃO DE APROVADOS NO ÚLTIMO CONCURSO PÚBLICO DO MS/2005. China vírus Aposto que é tudo não vacinados. 😡

Os políticos, os 'especialistas', 'cientistas' e a mídia disseram que a vacina traria a volta a normalidade. Pois é, a normalidade não veio e tem quem defenda continuar restringindo o trabalho das pessoas. Só complementando, pessoal: 160 mortes. Sem desespero, por favor 😘 Já está caindo. malditos chineses

Brasil ultrapassa 100 mil casos diários de Covid e 251 mortes diárias | CNN BrasilO Brasil registrou 112.286 casos de Covid-19 e 251 mortes decorrentes da doença nas últimas 24 horas; Com isso, o país aumentou o número de mortes em relação ao dia anterior, quando foram registradas 174 mortes

Covid: Brasil tem quase 50 mil novos casos conhecidos de covid em 24 hO Brasil registrou 49.459 novos testes positivos de covid-19 conhecidos nas últimas 24 horas. Em alta desde 29 de dezembro, a média móvel de casos hoje ficou em 68.074. Os dados são do consórcio de veículos de imprensa, do qual o UOL f Vc quis dizer : Confirmado, né estágio do UOL? Foda se BolsonaroNaCadeia djá!

Brasil bate 100 mil casos diários de covid, com 112.286 registros em 24hCom o avanço da variante Ômicron, o número diário de registros em 24 horas supera 100 mil e é o terceiro maior desde o início da pandemia

Rio recebe cerca de 90 mil doses de vacina contra Covid-19 para crianças | CNN BrasilImunizante da Pfizer chegou nesta madrugada e será entregue às cidades fluminenses até o fim da manhã de sábado (15); previsão é de que a imunização da população entre 5 e 11 anos comece na próxima segunda (17) Decreto imundo este Noblat, marajás na classe executiva, mas ñ li uma virgula sua sobre as viagens de um ladrão psicopata que governou o Brasil por 16 anos (8-Ladrão+8-poste) e que nem entra em avião, o metalúrgico pobre prefere viajar pelo Brasil e o mundo em jatos particulares. Aqui, pensando... Em todo lugar a vacinação começou pelos idosos e veio regredindo em idade. Não achei, na imprensa, uma linha sequer condenando essa priorização. Hoje, MAIS DE UM ANO DEPOIS, a vacinação de crianças tornou-se urgente? Porque estão morrendo de Covid? Pensando... Pakistan cannot be destroyed, because Allah’s help is with Pakistan. 1400 years ago Prophet Muhammad SAW made dua to Allah – to make a country where Islam will rise again. This and many other divine predictions in Muhammad Qasim’s dreams. Visit

Em ação rara, Uruguai abre fronteiras para moradores infectados com Covid-19 | CNN BrasilO Uruguai abriu suas fronteiras para cidadãos e residentes mesmo que estejam infectados com Covid-19, uma medida rara em meio ao aumento de casos em todo o mundo

O Brasil registrou neste sábado (15) 49.14/01/2022 às 18:07 | Atualizado 14/01/2022 às 18:15 Compartilhe: Ouvir notícia O Brasil registrou 112.14/01/2022 às 18:07 | Atualizado 14/01/2022 às 18:40 Compartilhe: Ouvir notícia O Brasil registrou 112.Queiroga: 'Ministro da Saúde não é um despachante de decisão da Anvisa' Desde março de 2020, o Brasil teve 22.

459 novos casos conhecidos de Covid-19 nas últimas 24 horas, chegando ao total de 22.975. Com isso, o país aumentou o número de mortes em relação ao dia anterior, quando foram registradas 174 mortes.323 diagnósticos confirmados desde o início da pandemia. A média móvel de casos, considerando os últimos sete dias, ficou em 68. Com isso, a média móvel de casos nos últimos 7 dias foi a 68.140, enquanto a de óbitos ficou em 139.074 - é o 3º dia consecutivo que esse número fica acima de 60 mil. Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Espírito Santo, Paraíba, Paraná e Roraima não registraram mortes desde as 20h de ontem.

Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de +792%, indicando tendência de alta nos casos da doença. O crescimento, na verdade, foi de 44%. Brasil, 15 de janeiro Em seu pior momento, a curva da média móvel nacional de casos chegou à marca de 77.295 novos casos diários, no dia 23 de junho de 2021. O país também registrou 160 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando 621.007 óbitos desde o início da pandemia. Veja a situação por estado e no Distrito Federal Região Sudeste.

Com isso, a média móvel de mortes nos últimos 7 dias é de 147. Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de +49%, indicando tendência de alta nos óbitos decorrentes da doença. Oito estados não tiveram registro de morte nesta segunda: AC, AL, AM, AP, PB, RR, ES, PR. Os números estão no novo levantamento do consórcio de veículos de imprensa sobre a situação da pandemia de coronavírus no Brasil, consolidados às 20h. O balanço é feito a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde.

Instabilidade nos sistemas Após o apagão de dados do Ministério da Saúde, os estados começaram a normalizar a divulgação de números de Covid-19 no Brasil no dia 4 de janeiro. Em 12 de dezembro, o ministério informou que o processo para recuperação dos registros dos brasileiros vacinados contra a Covid-19 após ataque hacker foi finalizado, sem perda de informações. Mas, no dia seguinte, o ministro Marcelo Queiroga disse que houve um novo ataque hacker. A previsão inicial de estabilização dos sistemas, de 14 de dezembro, não foi cumprida. Em janeiro, o ministério informou que quatro de suas plataformas foram reestabelecidas ainda em dezembro; afirmou que, no dia 7 de janeiro, normalizou a integração entre os sistemas locais e a rede nacional de dados, e que o retorno do acesso às informações estava sido gradual.

Apagão de dados do Ministério da Saúde completa um mês Segundo a pasta, a instabilidade no sistema não interferiu na vigilância de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave, como a Covid. É o oposto do que dizem pesquisadores. "A gente não consegue planejar a abertura de novos serviços hospitalares, de centros de testagem, abertura de novos leitos e entender as regiões onde o impacto da nova variante é maior", diz Julio Croda, infectologista e pesquisador da Fiocruz. "A gente não viu a evolução e a chegada da ômicron. Ela não apareceu de repente no Ano Novo.

Ela entrou ao longo do mês de dezembro, e a gente estava completamente em voo cego ali, porque não tinha dado nenhum; a gente não viu os dados crescerem", afirma o professor Marcelo Medeiros, fundador do Covid-19 Analytics. Ele interrompeu o serviço que auxilia autoridades a tomarem decisões em meio à pandemia. Curva de mortes nos estados Essa comparação leva em conta a média de mortes nos últimos 7 dias até a publicação deste balanço em relação à média registrada duas semanas atrás (entenda os critérios usados pelo g1 para analisar as tendências da pandemia). Vale ressaltar que há estados em que o baixo número médio de óbitos pode levar a grandes variações percentuais. Os números de médias móveis são, em geral, em números decimais e arredondados para facilitar a apresentação dos dados.

Já a variação percentual para calcular a tendência (alta, estabilidade ou queda) leva em conta os números não arredondados. Veja a situação nos estados Estados com óbitos por Covid em alta — Foto: g1 Consórcio de veículos de imprensa Os dados sobre casos e mortes de coronavírus no Brasil foram obtidos após uma parceria inédita entre g1, O Globo, Extra, O Estado de S.Paulo, Folha de S.Paulo e UOL, que passaram a trabalhar, desde o dia 8 de junho de 2020, de forma colaborativa para reunir as informações necessárias nos 26 estados e no Distrito Federal (saiba mais). Números da pandemia — Foto: Editoria de Arte/G1 .