Brasil pode ter 2ª onda da covid como na Europa? Médicos dizem que ainda não saímos da primeira - Saúde - Estadão

Brasil pode ter 2ª onda da covid como na Europa? Médicos dizem que ainda não saímos da primeira

30/10/2020 13:00:00

Brasil pode ter 2ª onda da covid como na Europa? Médicos dizem que ainda não saímos da primeira

Com taxa de transmissão alta e queda lenta nos números, caso nacional ‘não bate’ com o de países europeus

O padrão brasileiro é bem diferente. Houve um pico epidemiológico entre junho e julho, seguido de uma ligeira queda e de uma estabilização no número de casos e mortes. Durante alguns meses, o número de mortos girou em torno de mil por dia. Nas últimas semanas está próximo dos 500, patamar considerado ainda muito alto.

Senado aprova pena maior para crimes cometidos por preconceito de cor, raça ou orientação sexual No País das Maravilhas - Opinião - Estadão Gavião é flagrado por câmera de monitoramento na Anhanguera, em Campinas; assista

“No Brasil todo estamos na primeira onda ainda; tivemos uma queda, mas estabilizamos em níveis muito altos e não conseguimos baixar”, explicou o coordenador do projeto Covid-19 Analytics, da PUC-Rio, Marcelo Medeiros, especialista em estatísticas. “Ou seja, seguimos em mar revolto, mas nada indica que teremos uma segunda onda por enquanto.”

Na análise de especialistas, o lockdown implementado por diversos países da Europa durante a primeira onda da epidemia foi muito mais radical do que o imposto no Brasil. Essa seria uma explicação para a queda abrupta do número de casos europeus e, agora, para o seu aumento, após um período de flexibilização das medidas de isolamento. No Brasil, além de o lockdown não ter sido tão rigoroso, ele não teria sido eficiente em comunidades de grande densidade populacional, caso das favelas e periferias. A dificuldade de controle passa, também, pela baixa testagem dos casos.

Ápice longo.“No Brasil, não tivemos propriamente um pico, tivemos um ápice longo e uma descida muito lenta”, explica Alexandre Naime, chefe do Departamento de Infectologia daUnesp. “Nossa taxa de transmissão continua alta, nosso R é menor do que 1 (ideal), mas ainda está muito próximo de 1, por isso o decréscimo é tão lento.”

Para os cientistas, o importante agora seria ampliar consideravelmente a testagem, para localizar as cadeias de transmissão. “Devemos nos preocupar em controlar o que está acontecendo hoje”, disse a pneumologista Margareth Dalcolmo, da. “As medidas foram muito relaxadas. Será que precisávamos abrir cinemas, quando se sabe que a transmissão ambiental é crucial?”

O epidemiologista Amílcar Tanuri, do Instituto de Biologia daUFRJ, concorda com a colega. “Temos de monitorar mais os casos e chegar a uma taxa de incidência segura para, por exemplo, liberar as crianças para a escola”, disse. “Para poder mos voltar com coisas importantes e sacrificar outras, como ficar em bares até a madrugada.”

Especialista em gestão de saúde da UFRJ, Chrystina Barros frisa que cada um deve cumprir o seu papel. “A doença continua se disseminando, precisamos manter os cuidados”, afirmou. “Os governos precisam ser coerentes, dar o exemplo e mandar mensagens claras, e a população precisa fazer sua parte, manter o distanciamento, higienizar as mãos e usar máscara.”

De vítima de bullying a segundo homem mais rico do mundo: quem é Elon Musk - BBC News Brasil De vítima de bullying a segundo homem mais rico do mundo: quem é Elon Musk Prefeito de BH liga alta de casos de covid a festas e bares e ameaça novo fechamento total - Saúde - Estadão Consulte Mais informação: Estadão »

Jacarés ficam amontoados em açude que secou no Pantanal de MS; VÍDEO

Imagem chocante ilustra secura que atinge o Pantanal, a pior dos últimos 50 anos. Vídeo foi registrado por homem em fazenda no Pantanal de Nhecolândia, distrito de Corumbá, próxima da fronteira com a Bolívia.

Julisalem o que eu te perguntei esses dias Vou deixar de seguir o ESTADAO. TUDO QUE CLICO PRECISO PAGAR PARA PODER LER. que saco! A segunda onda vai começar depois das eleições e terminará no carnaval. Depois, virá a terceira. XeuleBot Utis lotadas em São Paulo , mas todo quietos afinal a eleição está aí ...

Médicos, segundo especialistas, segundo fontes, de acordo com fontes do governo...blá blá blá. Fica com a torcida pra vc, deixa pra publicar apenas notícia. É fakenews! No Brasil o povo está se cuidando com invermectina e vitaminas Vcs vão viver dessa pauta única ? Disco arranhado do cacete ! Calma, gente? Pq a pressa? Ainda nem saímos da primeira.

Próximo as eleições número de casos cai. Depois do dia 15 volta a crescer - inventam virus mutante, 2a onda, repescagem do vírus chinês.. Mídia fúnebre, tem uma diferença enquanto nos estamos entrando no verão eles estão no inverno algo que infelizmente eleva a tendência de casos. Aliás, se não saímos ainda me diga pq o maior lockdown do mundo ainda está patinando? Não deveria ser o contrário?

Jamais, aqui é pororoca!! acho que vocês deveriam fazer uma longa entrevista com Dr. Antony Wong, verão que essa notícia de segunda onde é no mínimo mentirosa e oportunista O Brasil vai ter é um tsunami, isso sim. O engodo não para É pq aqui não foi onda, foi uma enchente mesmo. Brasil né? Já emenda. Sei lá...acho que estamos numa eterna primeira onda

A MÍDIAPORCA QUER BOTAR MEDO EM VOCÊ. DE NOVO. NA EUROPA É INVERNO. Você nunca terá uma 2° onda, se não sair da 1° Preparem para o fechamento de tudo quando passar a eleição E ficarei.os.ate as eleições de 2022, a extrema imprensa perdeu o poder das informações, o povo não será manipulado Esse é o segredo: nós estamos sempre na onda.

O vou deixar meu depoimento aqui hj. Aprendi a ler estadão com meu pai quando ainda era o Estado de São Paulo, fui assinante na década de 90, mas sinceramente, QUER MERDA que vocês viraram as imparcialidades nas notícias deixadas de lado, LAMENTÁVEL isso, meus pêsames. Com essa coisa no comando nunca vamos sair dessa pandemia. 'Procura outro para pagar tua vacina aí', diz Bolsonaro em ataque a Doria

Exato! Dia 16 de novembro começa a segunda onda aqui Já estamos na segunda onda!

Fóssil de inseto ajuda a desvendar pré-história do Brasil - Brasil - EstadãoDescoberta foi feita na Bacia do Araripe, no sul do Ceará, maior sítio paleontológico do País; local voltou a ganhar destaque após operação da Polícia Federal que desbaratou esquema de contrabando de fósseis paleotaissa Behind a paywall.

Como o Dia do Saci quer rivalizar com o Halloween no Brasil - BBC News BrasilDia das Bruxas ou do Saci? Celebrada na mesma data, 31 de outubro, a homenagem ao personagem folclórico surgiu como um contraponto à 'invasão cultural' representada pelo Halloween. Até alguma toupeira ultraesquerdista começar a dar azia. Xiiii lá vem a turma do “estadunidense” Meio complicado esse lance de 'invasão cultural'. Vamos abolir o Natal com o Papai Noel, sendo que aqui é comemorado com um calor desgraçado num verão de 35 graus? Não dá para deixar as pessoas celebrarem as manifestações culturais de que mais gostem? E viva o Saci!!

As lições que Brasil pode aprender com segunda onda de covid-19 na Europa - BBC News BrasilNúmeros de casos explodiu em países do outro lado do Atlântico; quais são os fatores que contribuem para esse aumento? E o que podemos fazer para evitar esse mesmo cenário daqui alguns meses? Como sair da primeira Brasil teve uma onda continua. Poderia aprender, mas se recusa. A ignorância aqui é voluntária.

Brasil tem média móvel de 430 mortes diárias por Covid; casos apontam tendência de altaPaís tem 158.468 óbitos registrados e 5.469.755 diagnósticos de Covid-19, segundo levantamento do consórcio de veículos de imprensa. E sua vaChina já está pronta desde abril. Ta explicado o desespero de Dória pra vc usar ela... O COVID além de ensinar Brasileiro a lavar as mãos, vai ensinar jornalista da globo RedeGlobo os parâmetros da média móvel. É um ser superior. Deve ser extraterrestre :) Não precisa agilizar a vacina ou investir em métodos preventivos, todo mundo tem que comprar o feijãozinho anticovid

Média móvel de mortes por covid-19 chega a 430 no Brasil - Saúde - EstadãoDados do consórcio de veículos de comunicação mostram 487 novos registros de óbitos nas últimas 24 horas, além de 28.852 novos diagnósticos confirmado Saude Caindo, diminui. Chega dá ideia de AUMENTO. Lembrando que 90% desses óbitos são pessoas que morreram COM Covid-19. Não de Covid-19. Saude

Média móvel de mortes por Covid-19 chega a 430 no Brasil - ISTOÉ IndependenteA média móvel de mortes por covid-19 no Brasil ficou em 430 nesta quarta-feira, 28, de acordo com dados reunidos pelo consórcio de veículos de comunicação. O número elimina distorções e registra com mais precisão as oscilações dos últimos sete dias. Nas últimas 24 horas, houve 487 novos registros de mortes e 28.852 novos casos […]