Gobierno Brasil, Gobierno, Presidencia Brasil, Protestas Sociales, Río De Janeiro, Crisis Políticas, Coronavirus Covid-19

Gobierno Brasil, Gobierno

Brasil ensaia resistência na rua a Bolsonaro com o desafio de engrossar os protestos

Atos começaram cedo em capitais como Rio de Janeiro e Goiânia. Manifestação em São Paulo mede a articulação para ampliar o protesto contra o presidente e seu Governo, que aumenta a pressão com militares pelo voto impresso. Por @carlajimenez9

24/07/2021 20:13:00

Atos começaram cedo em capitais como Rio de Janeiro e Goiânia. Manifestação em São Paulo mede a articulação para ampliar o protesto contra o presidente e seu Governo, que aumenta a pressão com militares pelo voto impresso. Por carlajimenez9

Atos começaram cedo em capitais como Rio de Janeiro e Goiânia. Manifestação em São Paulo acontece esta tarde e mede a articulação para ampliar o protesto contra o presidente e seu Governo, que amplia a pressão com militares pelo voto impresso em 2022

neste sábado, 24. O dia começou com atos no Rio de Janeiro, Salvador, e outras capitais nordestinas, convocados por centrais sindicais e partidos de esquerda. São Paulo deve ser o fiel da balança para avaliar se as ruas têm poder de perturbar a classe política e o Governo diante de uma

Ipec: Desaprovação a Bolsonaro chega a 68%; 7 a cada 10 brasileiros não confiam nele Brasileiros são os que mais valorizam vacinação, mostra estudo Ipec: Lula tem mais de 20 pontos de vantagem sobre Bolsonaro e poderia vencer eleição no 1º turno

escalada na tensão política que agora envolve também militares, enquanto o presidente Jair Bolsonaro se amarra ainda mais com o Centrão. Se a primeira manifestação em maio teve o efeito surpresa para o Governo com uma presença massiva de pessoas em São Paulo, as duas últimas repetiram a mesma proporção mas não a ponto de desconcertar o Planalto.

No Rio houve milhares de pessoas no centro da cidade com bandeiras contra o presidente, pedindo impeachment, e protestando contra os militares. Desde que as manifestações voltaram às ruas, num momento em que a vacinação avançou, headtopics.com

Bolsonaro intensificou sua campanha pró-voto impressono ano que vem insistindo sem provas na falta de confiabilidade das urnas eletrônicas. O presidente ganhou o endosso do ministro da Defesa Braga Neto o que deixou o quadro ainda mais tenso, com os militares expondo posições em áreas que não lhe correspondem. Ao mesmo tempo, o presidente fechou o convite ao senador Ciro Nogueira (PP-PI) para assumir o ministério da Casa Civil, uma das mais importantes e poderosas pastas do Governo.

Além do repúdio à trágica gestão da pandemia, as ruas querem levar agora um grito contraa sabotagem à democracia. Em nota conjunta assinada por centrais sindicais, movimentos políticos como Agora e Acredito, e os partidos PV, PSDB, Cidadania, PCdoB, PDT, PSB, Rede e Solidariedade anunciam união para ir às ruas neste sábado. “Ao mesmo tempo em que sabota os esforços para vencer o coronavírus, Bolsonaro ataca diariamente o regime democrático, e busca inequivocamente as condições para a imposição de um regime autoritário que destrua as instituições republicanas contra as liberadades democráticas”, diz a nota do grupo.

O PT também convoca para as ruas com a expectativa de alcançar atos em 300 cidades.Impeachment, emprego e auxílio emergencial unem a todos os partidosque convocam para os protestos neste sábado. O grande desafio, porém, é engrossar as fileiras de resistência depois do último ato no início deste mês. Integrantes do PSDB foram agredidos por grupos radicais do PCO, o que levou a um repúdio dos demais partidos contra a legenda de extrema esquerda. Os protestos ajudaram a desgastar a imagem do presidente, que reagiu com mais coação, e perseguição a seus críticos. O comportamento tem se esparramado em detenções promovidas pela polícia em diversos Estados.

As ameaças às eleições, bem como o endosso do ministro da Defesa, têm gerado reações em cadeia em outros Poderes. “No Brasil de hoje, não é de se espantar que um líder populista se recuse a obedecer as regras vigentes, que queira suas próprias regras para disputar as eleições e que se recusre a ter seu legado escrutinado”, disse o ministro do Supremo, Edson Fachin, durante um evento esta semana. O anseio pelo impeachment é uma constante, mas uma incógnita à medida que headtopics.com

Bolsonaro cancela agendas no Paraná mas vai à Bahia - ISTOÉ Independente Prefeito de Nova York ironiza Queiroga após diagnóstico de Covid-19 Pescador é mordido por tubarão durante pesca ilegal em praia do Pará

. Mas, como disse o ex-presidente Michel Temer em entrevista à Folha, “quem derruba presidente não é o Congresso, é o povo nas ruas.” Consulte Mais informação: EL PAÍS Brasil »

Bolsonaristas tentam invadir Ministério da Saúde e são contidos por seguranças - Política - Estadão

A informação foi confirmada pela assessoria da pasta ao Estadão/Broadcast; jornalistas presentes no local foram hostilizados

carlajimenez9 carlajimenez9 Minifestação de vagabundos Cut MST e outras desgraças alimentadas com o dinheiro do povo. carlajimenez9 Publica mais vê se o Bolsonaro cai 😂😂😂😂😂😂 carlajimenez9 Só os doidos adeptos do BolsoCirismo levantam essa prioridade boba do voto impresso carlajimenez9 Pautar voto impresso agora é coisa de lunático

carlajimenez9 Meia Dúzia! carlajimenez9 Manifestaçoes da Esquerda cada vez menor carlajimenez9 ForaBolsonaro carlajimenez9 Muito timido. carlajimenez9 Parafraseando o presidente, merdei para os militares. Bando de párias da nação.

Rio de Janeiro terá Réveillon e Carnaval, confirma Eduardo Paes - ISTOÉ IndependentePrefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD) afirmou que a cidade terá o Réveillon de fim de ano e o Carnaval de 2022. De acordo com ele, a projeção para o fim da aplicação da segunda dose da vacina contra a Covid-19 é outubro. “Acho que tranquilamente a gente terá réveillon e carnaval, isso […] Quê falta de respeito as famílias Porque não? O que pode acontecer? Ele pensa que está no Reino Unido, ou nos EUA.

Cachorro levado por bandidos em roubo a carro é encontrado no Rio de Janeiro - ISTOÉ IndependenteBilly, um cachorrinho shih-tzu, de apenas nove meses, foi encontrado nesta sexta-feira (23), após ter sido levado por criminosos durante um assalto. Na última quinta-feira (22), Keyla Freitas, de 34 anos, o marido, a filha, de seis anos, e Billy, viajavam para Minas Gerais pela Rodovia Washington Luís quando, na altura do município da Baixada […] 🐶🙏💖 Fofura

Mais de 480 atos contra Bolsonaro acontecem neste sábado, no Brasil e no exteriorAlém de 470 cidades brasileiras, 17 países devem ser palco de protestos Muita gente com fome de carrupção... E a robalheira do PT, para mandar dinheiro para Cuba, salva os ditadores.

Manifestantes fazem atos contra Bolsonaro e a favor da vacinaProtestos ocorrem em diversas cidades do Brasil. Manifestantes pedem mais vacina, impeachment de Bolsonaro e aumento no valor do auxílio emergencial. No Rio, protesto também critica privatizações e defende meio ambiente G1 protestos ForaBolsonaroGenocida Mas a vacina tai gente chata.

Obra com símbolos nazistas e suposta assinatura de Hitler tem venda proibida no Rio de Janeiro - ISTOÉ IndependenteUm leilão virtual, que aconteceria nesta sexta-feira (23), foi cancelado pela Justiça do Rio de Janeiro. O motivo? O objeto que seria leiloado é um quadro, que contém símbolos e ornamentos nazistas. As informações são da Folha de S.Paulo. A obra conta com um broche com imagem de uma suástica, a frase “the strange loves […] NinoDinarelli Porque preferem usar a denominação 'nazista' ao invés da mais correta: 'nacional-SOCIALISTA'? O quê o Governo do Zé da Rachadinha !! do Genocida STF_oficial porquê não incineraram esta Merda !! Cunho Diabólico !! Um Absurdo um Troço desses quê Ofende a Dignidade do Povo Judeu ser Leiloado como se Fosse Algo exótico !! jairbolsonaro ImpeachmentBolsonaroUrgente CAGAO

Pai de Rodrigo Maia diz que poderá disputar governo do RioCesar Maia, atual vereador e ex-prefeito da capital, confirmou a VEJA a intenção de concorrer ao Palácio Guanabara no ano que vem Quer ver até onde o filho queimou ele. Puts, teremos Cesar Maia maluco como Governador do Rio? Estamos fodidos mesmo. Mais 4 anos sem perspectiva de melhora... E lá se vão mais de 25 anos assim. Triste demais. De novo, nãããooooo!!!!