Bolsonaro volta a minimizar mortes de crianças na pandemia | Brasil | O Dia

22/01/2022 22:10:00

Regulação das redes sociais sobre desinformação na pandemia também foi criticada por Bolsonaro

Regulação das redes sociais sobre desinformação na pandemia também foi criticada por Bolsonaro. ODia

Regulação das redes sociais sobre desinformação na pandemia também foi criticada por Bolsonaro

Publicado 22/01/2022 15:57 | Atualizado 22/01/2022 16:00Brasília - O presidente Jair Bolsonaro voltou a questionar a segurança da vacina contra a covid-19 em crianças. O presidente diz ter conversado com o pai da criança de Lençóis Paulista que teve uma parada cardíaca cerca de 12 horas após receber a vacina da Pfizer, na terça-feira, 18.

"O que ele falou pra gente é preocupante", afirmou em conversa com apoiadores e imprensa em Eldorado, município do interior paulista onde acompanhou o sepultamento de sua mãe, Olinda Bolsonaro, nesta sexta-feira."Foi a vacina ou não foi?", perguntou. Segundo o governo de São Paulo, a parada cardiorrespiratória foi causada por uma doença cardíaca rara que a família desconhecia e não teve relação com o imunizante.

Consulte Mais informação:
Jornal O Dia »

Cães guardam mágoas dos tutores? Saiba o que fazer

Julia Martinez, do site Vida de Bicho, conta que sim, mas de uma forma diferente dos humanos. Os cachorros podem ficar chateados com, por exemplo, a chegada de outro animal. Ela dá dicas do que os tutores podem fazer nestes casos para reconquistar a confiança do pet. Consulte Mais informação >>

As verdades desfazem as mentiras naturalmente e sem cerceamento. Ele foi o primeiro a vender cloroquina em suas lives! Alguma surpresa?🤔