Barcelona oficializa Sergi Barjuan como técnico interino após demissão de Koeman - Esportes - Estadão

Treinador da equipe B fica no comando até que o novo comandante seja contratado

28/10/2021 16:00:00

EstadaoEsporte Barcelona oficializa Sergi Barjuan como técnico interino após demissão de Koeman

Treinador da equipe B fica no comando até que o novo comandante seja contratado

Sergi Barjuan, que comanda o time B, para o cargo e informou que trata-se de uma solução provisória.“A sua posição provisória terminará assim que o clube contratar o treinador principal a tempo inteiro para substituir o despedido Ronald Koeman”, afirmou o Barcelona no comunicado oficial sobre o profissional de 49 anos, que é um ex-jogador do time da região da Catalunha.

Mario Frias contrata por R$ 3,6 milhões empresa sem funcionários e com sede em caixa postal, diz jornal Moraes abre inquérito contra Bolsonaro para investigar fake news que liga vacina à Aids Rachadinhas: ex-assessor de Carlos Bolsonaro diz que nunca teve crachá

Leia TambémLiga espanhola denuncia torcedor por insultos racistas contra Vinícius JúniorO presidente do Barcelona, Joan Laporta, apresentará oficialmente Sergi Barjuan ao time titular nesta quinta-feira, antes do treino na Ciutat Esportiva, o CT do clube. O interino, inclusive, estará presente na entrevista coletiva desta sexta-feira, com a presença de Laporta, para debater o jogo contra o Alavés, no final de semana, pelo Campeonato Espanhol.

Sergi Barjuan atuou no Barcelona entre 1992 e 2002 como lateral-esquerdo. Defendeu posteriormente o Atlético de Madrid, clube no qual se aposentou em 2005. Além disso, disputou 56 partidas pela seleção da Espanha. Como treinador, iniciou a sua carreira nas categorias de base do Barcelona. Depois passou por clubes como Recreativo Huelva, Mallorca e Hangzhou (China). Ele chegou ao time B do Barcelona em junho deste ano. headtopics.com

De acordo com a imprensa, Xavi, um dos maiores ídolos do clube, é o favorito para assumir o cargo. Ele, inclusive, já teria acertado as bases com o Barcelona, faltando o acerto do pagamento de multa rescisória de 1 milhão de euros (R$ 6,51 milhões na cotação atual) ao Al Sadd, do Catar, atual time do treinador.

Consulte Mais informação: Estadão »

Após receber medalha, Bolsonaro é vaiado e chamado de genocida na Câmara

Sob protestos de deputados da oposição, presidente foi condecorado por Arthur Lira (PP-AL)