Ataque à Arábia Saudita pode aumentar ainda mais o preço do petróleo - Internacional - Estadão

Ataque à Arábia Saudita pode aumentar ainda mais o preço do petróleo -via @EstadaoInter

16.9.2019

Ataque à Arábia Saudita pode aumentar ainda mais o preço do petróleo -via EstadaoInter

Rapidez para retomar produção e chances de confronto militar são as questões cruciais para o reino saudita

Alguns analistas acreditam que os preços do petróleo devem disparar se a produção não for restaurada em breve. A Aramco prometeu fornecer uma atualização da extensão dos danos em cerca de 48 horas, mas uma fonte informou à Reuters que os reparos levarão “semanas, não dias".

Para a Arábia Saudita a origem do ataque é quase imaterial. Ela o vincula, como em ataques anteriores, ao seu arqui-inimigo Irã, que fornece dinheiro e armas para os Houthis e outras milícias regionais. Os mísseis usados para atacar as instalações da Aramco quase

As exportações de petróleo iranianas caíram de 2,8 milhões de barris diários para menos de um milhão. E O Irã começou a revidar. Infringiu alguns dos limites estabelecidos no acordo no caso do seu programa nuclear, sabotou e confiscou navios

Além disto, Trump parece apoiar uma proposta francesa de oferecer ao Irã uma “linha de crédito” de US$ 15 bilhões que ajudaria o país a administrar as próprias sanções estabelecidas contra ele. Máxima pressão se tornou máxima perplexidade.

Se optar por não fazer nada, isto aprofundará a sensação de intranquilidade em Riad. Ataques houthis frequentes revelaram lacunas preocupantes nas defesas aéreas sauditas, sobretudo no momento em que o mais próximo aliado da Arábia Saudita, os Emirados Árabes Unidos, anuncia, neste fim de semana, a retirada de suas tropas do Iêmen, onde os dois países têm enormes desacordos no tocante a táticas e estratégia numa guerra que hoje chegou a um impasse. E os Emirados Árabes também adotam uma posição menos hostil com relação ao Irã, recusando-se a acusar os iranianos de sabotarem quatro petroleiros em águas dos Emirados.

Antecipando esse registro, a Arábia Saudita está ansiosa para mostrar que apoia o preço do petróleo e que pode produzir o bruto de modo eficaz apesar das crescentes ameaças à segurança. Os recentes eventos revelam os limites da sua capacidade nos dois casos.

Tais esforços sem dúvida têm impedido um mergulho dos preços. Mesmo assim o preço do Brent em 13 de setembro, antes dos ataques deste fim de semana, estava em US$ 60, quase 20% abaixo do preço cotado em abril.

Mas se a Arábia Saudita achar que não pode confiar em Trump no sentido e garantir sua segurança, então Mohammad bin Salman, o impetuoso e temerário príncipe da coroa saudita, poderá se sentir compelido a agir por sua própria conta e risco.

Consulte Mais informação: Estadão

Inter Se o combustivel aumentar, vai ter parada, será? Inter PQP. Inter Cadê o gado pra protestar? Inter Inter Gasolina no Brasil vai para R$16,00

Ataque de drones na Arábia Saudita atinge maior campo de petróleo do mundo - Internacional - EstadãoAutoria foi reivindicada pelo grupo rebelde Houthi, do Iêmen, aliado ao Irã; fontes afirmam que produção e exportação de petróleo saudita foram interrompidas Inter Uma guerra entre Arábia saudita e Irã? Pena nenhuma Inter Venezuela e amigos envolvidos? 🤔 Inter Drones...proxima arma em todas as guerras. Menor e cada vez mais capacitados. É so minituarizar bombas de alto poder explosivo,.

Arábia Saudita reduz produção de petróleo após ataque a refinaria - Internacional - EstadãoO ministro de Energia saudita comunicou que o corte na produção da Aramco foi de 5,7 milhões de barris Inter Preço da gasolina subindo em 3,2,1... Inter Ataque de quem. ? Imprensa burra Inter Petróleo não se produz. Ou se extraí ou se refina, 'repórter'.

Preço do petróleo salta 12% após ataques com drones na Arábia Saudita - Internacional - EstadãoAtaques reduziram pela metade capacidade do reino saudita de produzir petróleo; país é responsável por 10% da produção mundial Inter Ataque lucrativo. Sempre assim, o mercado está acomodado aí cria-se uma situação de crise, um bombinha, uma 'briga' com os EUA e todos ganham, digo eles, nós pagamos o custo da brincadeira dos homens ¨maus'. Inter hmmm, Natanyahu ou trump está por trás disso ctz ..... Inter O assassino de jornalistas, Mohammad bin Salman, ditador amado pelos EUA, está no bico do urubu com sua guerra genocida contra os Houthis.

Preços do petróleo disparam após ataque a refinaria na Arábia SauditaÍndice Brent sobe 19% na abertura após anúncio de que estatal saudita cortará pela metade a produção diária de barris - cerca de 6% do abastecimento mundial

Escrever Comentário

Thank you for your comment.
Please try again later.

Últimas Notícias

Notícia

16 setembro 2019, segunda-feira Notícia

Notícias anteriores

Motorista de aplicativo é assassinada com tiro no pescoço em Diadema - São Paulo - Estadão

Próxima notícia

Incêndio atinge área de proteção ambiental no Pará e faz Estado pedir ajuda federal - Sustentabilidade - Estadão
Notícias anteriores Próxima notícia