Após ser preso em operação da PF, secretário de Transportes de SP, Alexandre Baldy, pede afastamento do cargo

Após ser preso em operação da PF, secretário de Transportes de SP, Alexandre Baldy, pede afastamento do cargo #G1

07/08/2020 03:30:00

Após ser preso em operação da PF, secretário de Transportes de SP, Alexandre Baldy, pede afastamento do cargo G1

Secretário foi preso pela força-tarefa da Lava Jato por suspeita de fraudes em contratos da área de saúde nos períodos em que foi deputado federal e ministro. Governador chegou a defender manutenção do secretário no cargo.

O secretário Alexandre Baldy pediu licença da pasta de Transportes Metropolitanos de São Paulo na noite desta quinta-feira (6), após ser preso pela Polícia Federal. A secretaria passa a ser comandada temporariamente pelo secretário executivo, Paulo Galli.

Fazenda nos EUA conecta crianças e animais com deficiência Menino se prepara para a 9ª cirurgia após ter 100% do rosto queimado por óleo em acidente Veja frases do segundo e último debate entre Trump e Biden antes das eleições presidenciais nos EUA

O secretário foi preso pela Polícia Federal na casa dele, no bairro dos Jardins, na Zona Oeste de São Paulo, na manhã mesma quinta, por suspeita de fraudes em contratos da área de saúde nos períodos em que foi deputado federal e ministro.

Baldy é um dos alvos da Operação Dardanários, que apura desvios na Saúde no Rio de Janeiro e em São Paulo, envolvendo órgãos federais. Em nota, o governo do estado afirmou que a licença dele da pasta de Transportes será por trinta dias, para que ele possa se defender das acusações da Lava Jato.

"Alexandre Baldy pediu licença do cargo de Secretário de Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo pelo período de 30 dias, a partir de amanhã, dia 7, para se concentrar exclusivamente na sua defesa", disse o governo paulista.

Em nota e postagens publicadas nas redes sociais, o governador João Doria (PSDB) chegou a negar alterações na pasta e defender a manutenção do secretário no cargo. Ao anunciar a licença do secretário preso, o governo de São Paulo reiterou confiança no trabalho dele.

"Alexandre Baldy tem demonstrado competência, dedicação e postura idônea no exercício da sua função no Governo de São Paulo. À frente da Secretaria de Transportes Metropolitanos, Baldy retomou obras de mobilidade, garantiu a renovação da frota de ônibus intermunicipais e acelerou a construção de cinco novas estações do Metrô", afirmou o Palácio dos Bandeirantes.

Operação Lava Jato prende Secretário de Transportes de SP e pesquisador da FiocruzInvestigações da PFAntes de assumir o cargo no governo paulista, Alexandre Baldy foi deputado federal por Goiás e ministro das Cidades no governo do ex-presidente Michel Temer.

Mulher morre baleada durante perseguição policial no Catumbi Mãe procura filho desaparecido há 2 meses em Franca: 'Não consigo mais viver'; VÍDEO Citado por Bolsonaro, voo Manaus-Boa Vista passa por cidade de Roraima com mais focos de incêndio em 2020

Segundo a investigação da Polícia Federal, ele usou da influência dos dois cargos para intermediar contratos, sobre os quais ganharia um percentual.A TV Globo apurou ainda que, entre os contratos investigados, estão o de Organizações Sociais (OSs) com o Hospital de Urgência da Região Sudoeste Dr. Albanir Faleiros Machado (Hurso), em Goiás; com a Junta Comercial Goiana e com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa/Fiocruz).

Baldy teria oferecido vantagem a um colaborador para não entregar o esquema.Em nota, a assessoria do secretário negou as acusações e disse que tomará providências para revogar a prisão temporária.O texto diz ainda que "foi desnecessário e exagerado determinar uma prisão por supostos fatos de 2013, ocorridos em Goiás, dos quais Alexandre sequer participou. Alexandre sempre esteve à disposição para esclarecer qualquer questão, jamais havendo sido questionado ou interrogado, com todos os seus bens declarados, inclusive os que são mencionados nesta situação. A medida é descabida e as providências para a sua revogação serão tomadas".

Secretário de Transportes de SP, Alexandre Baldy, é preso em operação da PFDe acordo com a PF, foram apreendidos R$ 90 mil em um imóvel do secretário em Brasília. Dois dias antes da prisão, Baldy pediu afastamento do cargo para tratar de assuntos particulares. Nas redes sociais, ele divulgou fotos dizendo estar em Brasília.

Em nota, a Secretaria dos Transportes Metropolitanos disse que "colaborou junto à PF enquanto estiveram no prédio. Após as buscas, nenhum documento ou equipamento foi levado pela Polícia Federal."Ministro das Cidades Alexandre Baldy Uberaba investimentos — Foto: Neto Talmeli/Prefeitura de Uberaba

A prisão do secretário é uma das seis expedidas pelo juiz federal Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal do RJ na operação.Ao menos outras duas pessoas foram presas na operação: o pesquisador da Fiocruz Guilherme Franco Netto e o ex-presidente da Junta Comercial de Goiás (Juceg) Rafael Lousa. Foram expedidos mais três mandados de prisão, mas o nome dos alvos não foi divulgado.

A operação é um desdobramento das investigações realizadas no âmbito das operações Fatura Exposta, Calicute e SOS.Os suspeitos responderão pelos crimes de corrupção, peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

IPCA-15: prévia da inflação oficial acelera a 0,94% em outubro, maior alta para o mês em 25 anos Datafolha de 22 de outubro para prefeito de SP por sexo, idade, renda, escolaridade, religião e raça Supercondutores: o material que promete uma revolução energética

Segundo a PF, dardanários são "agentes de negócios, atravessadores que intermediavam as contratações dirigidas". Consulte Mais informação: G1 »

Pandemia não é brincadeira: o que as crianças pensam sobre crise, isolamento e volta às aulas; VÍDEO

G1 conversou com seis crianças, de diferentes realidades sociais, para saber como elas estão enfrentando as mudanças trazidas pela Covid-19.

Incrível o esforço dos jornalistas da GloboLixo pra descolar o nome do Secretário com o Doria. MUITOS DEPUTADOS VAGABUNDOS ESTÃO ME BLOQUEANDO SÓ PQ ESTOU COBRANDO EM NOME DOS VELHINHOS APOSENTADOS A PL 1328/2020 VOU EXPOR TODOS ESSES VAGABUNDOS. PAGAMOS ALTOS SALARIOS PRA ELES IGNORAREM O POVO. AQUI ALGUNS DOS VAGABUNDOS 👇

Opa!! Salles agora esse. Dória você mentiu pra mim.

Chefe de gabinete é exonerado após ser flagrado em 'pancadão' no interior de SP - ISTOÉ IndependenteO chefe de gabinete da Câmara Municipal de Registro, Benedito de Campos Junior, foi exonerado após ser visto em uma festa “pancadão” na cidade, que fica no interior paulista. As imagens do evento, que circulam em redes sociais desde a última segunda-feira, 3, mostram aglomeração de pessoas sem máscaras, em desrespeito às regras de distanciamento […] Que problema tem nisso? 👏👏👏

Secretário de Transportes de SP e pesquisador da Fiocruz são presos em operação da PF contra irregularidades na SaúdeO juiz federal Marcelo Bretas expediu seis mandados de prisão e 11 de busca e apreensão. Esquema entre empresários e agentes públicos consistia em direcionar contratos, segundo a PF. Sabe de quemmmmm? lava Jato e cabelo liso . A nova mini- série . Rôla grande no rabicó da corrupção

Governo Doria decide esperar pedido de afastamento de secretário preso pela PF - ISTOÉ IndependenteDiante da prisão na manhã desta quinta-feira, 6, do secretário estadual dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, o governo João Doria (PSDB) decidiu aguardar que Baldy tome a iniciativa de se afastar do cargo, o que deve ocorrer tão logo seja possível, segundo auxiliares do governador no Palácio dos Bandeirantes. Baldy deverá comunicar o afastamento com […] Este homem vem de família rica? Quanto ganha um secretário da saúde para ter 12 milhões em bens bloqueados? Não se iludam. Preso? Vai sair logo. Só tem bandido, viva o Brasil

Assessor de Flavio Bolsonaro nega ter recebido informação prévia sobre operação da PFJornal Nacional teve acesso ao depoimento de Miguel Angelo Braga Grillo, chefe de gabinete do senador. Inquérito apura se Operação Furna da Onça vazou; denúncia foi feita por empresário. mariah carey linda g1 avisa Que operação? os diretores da Rede Globo fumaram maconha mofada, só pode ser...

PF prende na Itália procurado por tráfico internacional de drogas | Matheus LeitãoFilho de ex-líder de máfia italiana, Leonardo Badalamenti aguardará agora os trâmites para sua extradição para o Brasil

Governo reestrutura área de inteligência após críticas de Bolsonaro - Política - EstadãoAlém da mudança de foco da Seopi, vinculada ao Ministério da Justiça, que passou a monitorar opositores, a Abin teve sua estrutura reformulada, com a criação do Centro de Inteligência Nacional Politica Vigiar opositores, não é? hmm Politica 😒 Politica Fala da China mas sonha em restringir direitos dentro do país