“A sociedade vai resistir ao golpe”, diz líder do Prerrogativas | Maquiavel

27/06/2022 20:24:00

“A sociedade vai resistir ao golpe”, diz líder do Prerrogativas, grupo ligado a Lula que reúne advogados

“A sociedade vai resistir ao golpe”, diz líder do Prerrogativas, grupo ligado a Lula que reúne advogados

Coordenador do grupo de advogados ligado a Lula, Marco Aurélio Carvalho diz que uma rede de proteção já se formou contra os ataques às eleições

PSDB).Entidades da sociedade civil estão se organizando para criar uma rede de prevenção caso o resultado da eleição venha a ser questionado ou seja tentada alguma manobra para que a eleição não ocorra normalmente.

), externando preocupações sobre esse tema e deixando claro que a sociedade civil vai estar à frente de uma eventual resistência caso seja necessário. Foi por esse sistema que Bolsonaro se elegeu, foi por esse sistema que o campo progressista ganhou e perdeu eleições, é um sistema validado por atores internacionais e pelos partidos políticos do Brasil. O próprio presidente do partido do Bolsonaro,

Consulte Mais informação: VEJA »

Justiça arquiva denúncia contra Lula, Dilma e Mercadante por suposta obstrução da Lava Jato

Com relação aos ex-presidentes, os procuradores consideraram que não há mais prazo para que a Justiça possa analisar os fatos, pois os dois têm mais de 70 anos. Em relação à Aloizio Mercadante, o juiz afirmou que as investigações não conseguiram reunir elementos contra o ex-ministro. Consulte Mais informação >>

Seria bom se a JornalDaGlobo GloboNews folha VejaSP Estadao se juntasse a esse grupo para mostrar se tem algum valor. Um país só e civilizado com democracia e justiça social. Golpe militar é fingir que pintaram o meio-fio com tinta usando cal. Vamos! zehdeabreu NevioAntonio Vamos resistir como fizemos na ditadura. Esse golpista quer implantar uma ditadura hereditária, de pai pra filho

zehdeabreu O golpe ocorreu em 2016, agora é o desdobramento dele, vão tentar destruir o Estado Democrático de Direito e soberania nacional, os progressistas teem q avançar e os que atentarem contra a Democracia vão pra cadeia, pois as instituições devem aplicar com energia a força da lei! Nhosssa! E cês deveriam estar fazendo Jornalismo!

ggomesdecarvalh Estamos unidos com Lula !!!!!!! LIGADO AO LULA SO PODE SER LADRAO TAMBEM Veja, a revistinha fascista e mentirosa. Isso não incluiu a Veja, Estadão, Folha, O Globo e por aí vai, só pra avisar!

'Alckmin não será vice decorativo', diz Lula | O AntagonistaEm novo afago ao vice, durante jantar realizado ontem pelo grupo Prerrogativas, o petista disse que o ex-tucano vai participar das 'decisões estratégicas' LulaOficial geraldoalckmin Cada um de pijama na sua casa vendo o mito governar.BolsonaroNoPrimeiroTurno LulaOficial geraldoalckmin Vão roubar juntos LulaOficial geraldoalckmin É melhor rir no banheiro ou aqui mesmo?

Para quem ganha dinheiro defendendo cotruPTos está mais que no caminho certo em defender seu ganha-pão, mas estamos atentos ao movimentos do vírus da CORRUPÇÃO. Advogado, como tal, aproveitar se dos diretos sagrados de sua profissão para fazer política não tem cabimento . A Beca protege de fora para dentro mas NUNCA de dentro para fora! Elementar, meu caro...

O povão quer Lula13 ❤️🚩🇧🇷 no primeiro turno 👍 Cada dia um babaca diferente Não vai ter golpe nenhum, Bolsonaro é um cagão Golpe é o escambau! Esses milicos estão se borrando de medo de irem em cana e ficam voziferando baboseira. Bando de sem vergonha! Vcs vão perderem O Loola pretende dar um? Ao mensalão também ? Petrolao ? Etc ?

A sociedade CANSOU é de golpe no Estado, no Judiciário dominado por militantes de esquerda. CHEGA!!!

Em busca de desenvolvedores, XP abre sua própria faculdade com graduação gratuitaSerão 400 vagas, em cinco cursos em tecnologia, com início em agosto; empresa diz que pretende reter ao menos 50% dos formados para seu quadro de funcionários. e eu achando que a onda de coachs tinha passado!! Normal de toda empresa.

14Arlete Vamos mesmo!!! Qual o lado dos bandidos? Que esse alerta sirva pra mídia golpista. Grupo de advogados com carteiras de Bandidos, gopi gopi gopi e muita melodia 🤮🤮 Não vejo a hora de votar 13, LULA presidente novamente. Resistir ao golpe do TSE? De qual sociedade ele tá falando ? Há sim a sociedade de bandidos que se junta em torno do Loola ladrão porquê a sociedade brasileira ama a democracia e estar com Bolsonaro

Será conflito de interesses? O que seria dos advogados sem seus clientes tortos? É Hilário achar que o incentivador e idólatra dos regimes ditatoriais cubano e venezuelano seja garantia de democracia, liberdade, progresso e alimentos. Mensalão e Petrolão, era essa a democracia? A sociedade sim ( Os Bolsonaristas não)

Nós não resistiremos ao golpe que alguns querem dar empossando o maior ladrão da nossa história! Lugar de ladrão é na prisão!

Flamengo terá sequência de viagens de avião e ônibus para jogos da Libertadores e do BrasileirãoCom jogos fora de casa na quarta e no sábado, pela Libertadores e Brasileirão, delegação rubro-negra vai encarar viagens de avião e ônibus ao longo dos próximos sete dias

Vocês são totalmente desprovidos de noção se acham que o povo tá ligando pro 'líder do Prerrogativas', o Brasil é Bolsonaro! Quem é esse PAIAÇO!? E de que GOLPI ele está falando! 🤡🤡🤡 Realmente não vai ter golpe 🤮🤮 😴😴😴😴😴😴 Golpe de qual lado,a do Lula ou do Bolsonaro Sim,porque desde que o Brasil virou ré-publica o povo está levando golpe o tempo todo sem importar o governo vigente. Ré-publica podre e corrupta. O povo elege o que mais se espelha a eles.

Sim, a sociedade vai resistir à militância travestida de democrata que acha que responde pela sociedade. Vai mesmo, ao golpe que a esquerda com seu líder mafioso Lula aplicaram no país. Não vai ter golpe. Como pode ser pró larápio, pró corrupto, pró inepto, pró mordaça, pró o que existe de pior no país e no mundo. Só pode ter comido excremento de todas as qualidades para alimentar e suprir um cérebro cheio de porcarias.

Diablo Immortal deve receber update nas próximas semanasDev do game vai ao Reddit tentar acalmar os ânimos de jogadores ansiosos.

Secretária da Família do governo Bolsonaro atuou em decisão contra aborto nos EUA - Política - EstadãoAngela Gandra foi listada entre os 141 ‘amici curiae’ consultados pela Suprema Corte americana; orientação do grupo foi pela derrubada da prerrogativa que vedava autonomia dos Estados para proibir a prática Politica BOLSONARO ODEIA MULHERES Politica O ABORTO: O 'médico' introduz no útero uma pinça, que simplesmente decepa as pernas, braços e tronco do bebê, estando ele VIVO! O bebê é tirado aos pedaços. Há observações de que o bebê (PÁSMEM), tenta se desviar da pinça, se contorcendo no útero da mãe! Lula é abortista! Politica Opa, parabéns 👏👏👏

Os estados com mais eleitores que ainda não têm candidato ao governo | MaquiavelInstituto Real Time Big Data quantificou o índice de indecisão nos pleitos regionais Todos os Estados já tem candidatos, a esquerda é que está tendo dificuldade de ter um candidato com chances de vitória. Kkkk

Resolvemos fazer o grupo quando o Aécio Neves ( PSDB ), nas eleições de 2014, colocou o processo eleitoral em xeque.Claudio Dantas 27.Setor de TI — Foto: Lukas no Pexels Mirando a escassez futura de profissionais de tecnologia, a XP decidiu lançar nesta segunda-feira (27) sua própria faculdade, com cinco cursos de graduação para formar estudantes imersos desde o início na cultura da empresa.Dorival sobre Andreas: 'Talvez a melhor contratação que nós faríamos' O elenco dorme no local, treina na manhã de terça-feira no CT da federação colombiana e, após o almoço, encara uma viagem de ônibus que costuma durar cerca de 4h30 até Ibagué, local do jogo contra o Tolima, na quarta.

Resolvemos organizar o grupo para fazer uma espécie de observatório da democracia. Dito e feito.22 11:33 Em novo afago ao vice, durante jantar realizado ontem pelo grupo Prerrogativas, o petista disse que o ex-tucano vai participar das"decisões estratégicas" × Foto: Ricardo Stukcert/Flickr/Lula No novo jantar realizado ontem, em São Paulo, pelo grupo Prerrogativas, Lula voltou a afagar Geraldo Alckmin. Veio o impeachment e a gente participou ativamente, dando subsídios para os advogados da presidenta Dilma ( Rousseff ). No Brasil, uma das inspirações é a faculdade de medicina do Hospital Israelita Albert Einstein, inaugurada em 2016. Vocês veem relação entre o que Aécio Neves fez em 2014 e o que Bolsonaro faz hoje? Não tem a menor dúvida. Lula afirmou também que Alckmin é “seu companheiro de vida, de jornada” há 50 anos. Acho que o PSDB precisava, inclusive, fazer uma autocrítica da participação dele nesse processo de desacreditação do processo eleitoral brasileiro, que é paradigma no mundo..

A gente entende que aquilo foi o ovo da serpente. Assim como no casamento do petista, celulares não foram permitidos e a segurança foi redobrada. Segundo a empresa, o investimento para tanto é de R$ 100 milhões. Entidades da sociedade civil estão se organizando para criar uma rede de prevenção caso o resultado da eleição venha a ser questionado ou seja tentada alguma manobra para que a eleição não ocorra normalmente. O Prerrogativas participa desse fórum. Esse grupo se reúne esporadicamente com o próprio TSE ( Tribunal Superior Eleitoral ), externando preocupações sobre esse tema e deixando claro que a sociedade civil vai estar à frente de uma eventual resistência caso seja necessário. A primeira será com perguntas abertas sobre experiências pessoais. Foi por esse sistema que Bolsonaro se elegeu, foi por esse sistema que o campo progressista ganhou e perdeu eleições, é um sistema validado por atores internacionais e pelos partidos políticos do Brasil.

O próprio presidente do partido do Bolsonaro, Valdemar Costa Neto , do PL, falou que tem uma crença sincera de que as urnas eletrônicas funcionam bem. As ameaças são diárias, esse é um governo da tentativa e do erro. Por fim, é aplicado um teste de conhecimentos gerais, em que será possível usar a nota do Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem. Bolsonaro joga no limite o tempo inteiro, fala os maiores absurdos. Se há uma reação organizada da sociedade civil, ele dá dois passos para trás. Se a reação é tímida, ele dá um passo para a frente. “Estamos querendo fazer um negócio diferente mesmo.

Qual será o papel do Judiciário diante de uma contestação da eleição? Eu acho que as instituições brasileiras são sólidas, que o Poder Judiciário vai reagir à altura e que o mundo está olhando para o Brasil. Vamos lembrar os Estados Unidos, o sol vai nascer amanhã como nasceu nos Estados Unidos. Donald Trump incentivou a invasão do Capitólio, todo mundo ficou apreensivo, mas o que aconteceu? O sol nasceu e o Trump foi obrigado a arrumar as malas. Na inscrição, o candidato pode escolher entrar na esteira de vagas afirmativas. É o que Bolsonaro vai ter que fazer. Agora, a discussão é para onde ele vai, se vai para o condomínio de luxo no Rio de Janeiro ou para uma prisão qualquer.

Essa talvez seja a grande razão inconfessável para ele querer questionar o resultado da eleição. Segundo dados da plataforma de empregos Indeed, entre as 15 vagas mais difíceis de preencher, 11 são de TI. Várias pessoas próximas a ele têm dito publicamente do receio ( de ir para a prisão ), porque é claro que no mandato presidencial ele tem algum grau de blindagem. O grande medo dele é esse. Continua após a publicidade Essa postura de questionar as eleições pode gerar impactos para Bolsonaro e seus aliados perante a Justiça Eleitoral, como inelegibilidade, no futuro? Acredito que sim. O mercado está realmente com uma alta demanda no setor de tecnologia e parece não haver a mesma oferta de profissionais qualificados. O TSE e o Poder Judiciário têm diante de si uma oportunidade singular de reacreditar o nosso sistema eleitoral e o Estado de Direito de um modo geral.

A resposta tem que ser contundente. Ele comete constantemente um crime contra a independência e a autonomia dos Poderes, contra o processo eleitoral, crime que é capitulado como tal. O Prerrogativas se notabilizou pela pauta anti-lavajatista. Como o grupo propõe conciliar uma defesa das prerrogativas dos investigados com um combate à corrupção que seja realmente efetivo, que dê resultados? Nosso grupo sempre defendeu o combate à corrupção. O que nós dizemos, entretanto, é que não podemos, a pretexto de combater a corrupção, corromper nosso sistema de justiça.

Nós queremos que ocorra com respeito integral ao sagrado direito de defesa, com respeito integral à paridade de armas ( entre defesa e acusação ), ao princípio do juiz natural, ao juiz insuspeito. Nós nunca negamos que houve corrupção no Brasil. Houve e continua havendo. O que nós dissemos desde o início é que nem tudo era corrupção, que alguns atores do cenário político foram escolhidos como alvos para que, mais do que eles, o projeto político que eles encampavam fosse criminalizado. Houve no país, com responsabilidade compartilhada entre juízes, procuradores e advogados – porque não vamos deixar de olhar para nós mesmos –, a criação de uma indústria de delações com objetivos políticos e eleitorais que visava atingir determinado grupo e determinado projeto político.

Fabricaram-se histórias e narrativas para atender esses objetivos, e em 2018 trabalhou-se de forma intensa com o claro objetivo de tirar das eleições presidenciais aquele que era o favorito, o ex-presidente Lula. Como vê a posição oscilante do Supremo Tribunal Federal? Em algum momento o Supremo fez coro ao lavajatismo, bateu palmas. Mas quando foi chamado a refletir de forma mais aprofundada, reacreditou nosso sistema de justiça, merece nosso reconhecimento. Embora a gente saiba o que foi feito no verão passado. O Supremo oscilou quando não pautou as ADCs 43 e 44 ( ações que discutiam a constitucionalidade da prisão de condenados em segunda instância ) porque sabia que isso ia atingir o presidente Lula.

Oscilou quando aplicou uma regra regimental de conveniência e colocou o habeas corpus de Lula no plenário, tirando da Segunda Turma, onde ele teria maioria favorável. Oscilou quando não enfrentou Sergio Moro e Deltan Dallagnol porque eles tinham apoio da opinião pública. Agora, nossa alegria é que, quando foi chamado à razão em questões importantes como demarcação de terras indígenas, células-tronco, temas tributários, presunção de inocência, aborto de feto anencéfalo, o tribunal deu respostas contundentes e oportunas. No caso da Lava Jato, embora tardiamente, o Supremo corrigiu a rota e distorções que ele próprio ajudou a alimentar. Ao deixar de pautar as ações que discutiam a constitucionalidade da prisão em segunda instância, a ministra Cármem Lúcia, que presidia o STF em 2018, pautou o caso específico do habeas corpus de Lula.

E então houve o voto decisivo da ministra Rosa Weber para não conceder o HC em respeito ao entendimento vigente na Corte. O que é uma tese absurda, com todo o respeito à ministra Rosa. O que a Constituição tutela? A vida e a liberdade como valores máximos. O prejuízo para um inocente no cárcere é absolutamente irreparável. Se havia dúvida razoável de que o STF poderia mudar a situação não só do Lula como de outros brasileiros, eles deveriam aguardar esse julgamento em liberdade, não presos.

Esse voto da ministra Rosa pela colegialidade trouxe um prejuízo irreparável a um bem tutelado, na hierarquia constitucional, com relevo, que é a liberdade. Esses três fatos associados – a ministra Cármem não ter pautado ( as ações sobre a constitucionalidade da prisão em segundo grau ), a ministra Rosa ter dado esse voto e a manobra de tirar o habeas corpus do Lula da Segunda Turma para julgar no plenário – foram uma postura tão parcial quanto a parcialidade do próprio Moro. Justiça seja feita ao ministro Dias Toffoli, que, quando esteve na presidência, pautou o julgamento das ações e permitiu que o ex-presidente Lula e tantos outros brasileiros respondessem em liberdade. O atual presidente do STF, ministro Luiz Fux, disse recentemente que existiu corrupção, que ela não deve ser esquecida e que os processos só foram anulados por questões formais. Como o senhor vê essa declaração? É no mínimo inoportuna e indelicada com a própria Corte que ele preside.

O que se espera do ministro Fux é uma autocrítica sobre o seu papel na alimentação do monstro – o lavajatismo – que pariu o bolsonarismo. Como eu disse, nunca negamos que houve corrupção no país, mas nem todas as acusações eram verdadeiras. O que se espera é que o ministro se manifeste sobre a corrupção do sistema de justiça, com juízes e procuradores parciais, com a farra de passagens e diárias, com os vergonhosos vencimentos muito acima do teto constitucional. O Prerrogativas é visto como muito próximo do Lula e do PT. Na sua opinião, isso não pode macular essa atuação maior em prol das instituições democráticas? Eu, pessoalmente, sou petista desde sempre, milito no PT desde os 16 anos.

O grupo, entretanto, não é um puxadinho do PT. O grupo tem pauta e agenda próprias e está atuando na defesa da democracia. Embora não seja um puxadinho do PT, nós entendemos que, novamente em 2022, temos de um lado a civilização e do outro lado a barbárie, e resolvemos escolher a civilização. O apoio a Lula é consequência quase lógica, que tem que ser exarada por todos aqueles que defendem as instituições. Continua após a publicidade .