A pandemia que ameaça destruir a fruta mais popular do mundo

A pandemia que ameaça destruir a fruta mais popular do mundo #G1

04/07/2020 14:20:00

A pandemia que ameaça destruir a fruta mais popular do mundo G1

Assim como a Covid-19, doença que acomete bananas está se espalhando para novos países, forçando a indústria a mudar a forma como a fruta mais consumida do mundo é cultivada e até mesmo seu sabor.

Uma doença letal aparece do nada. Sua transmissão é silenciosa, espalhando-se antes que os sintomas apareçam. Uma vez contraída, já é tarde demais para detê-la — não há cura. A vida nunca mais será a mesma. Soa familiar?

Alunos não poderão usar calça de pijama nem se sentar na cama durante aulas on-line em Springfield, nos EUA Fogo destruiu no Pantanal em 2020 o equivalente a 8 vezes o tamanho da cidade de São Paulo, diz Ibama Após humilhar guarda municipal, desembargador volta a usar máscara e respeitar regras no litoral de SP

Não se trata da Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus. A Tropical Race 4 (TR4) afeta bananas. Também conhecida como mal-do-Panamá, é causada pelo fungo Fusarium oxysporum, que vem destruindo as fazendas de banana nos últimos 30 anos.

Seria apenas mais uma doença a afetar plantas se não fosse o fato de que, na última década, a epidemia se acelerou repentinamente, espalhando-se da Ásia para Austrália, Oriente Médio, África e, mais recentemente, América Latina, de onde vem a maioria das bananas enviadas para supermercados no Hemisfério Norte.

Atualmente, o mal-do-Panamá está presente em mais de 20 países, provocando temores de uma "pandemia da banana" e uma escassez da fruta mais consumida do mundo.Cientistas de todo o mundo estão trabalhando contra o relógio para tentar encontrar uma solução, incluindo a criação de bananas geneticamente modificadas (GM) e uma vacina.

'Novo normal'?Mas, assim como a Covid-19, a questão não é apenas se podemos encontrar uma cura, mas também como viveremos com um "novo normal" que mudará as bananas para sempre?O primeiro lugar para procurar pistas é na origem da banana moderna que todos conhecemos. Sua história mostra exatamente o que acontece se essa doença for ignorada.

Não é a primeira vez que as bananas enfrentam uma ameaça, explica Fernando García-Bastidas, pesquisador em saúde vegetal que estudou TR4 na Universidade de Wageningen, na Holanda, antes de trabalhar em uma empresa holandesa de genética vegetal que tenta combater a doença.

Na década de 1950, a indústria foi dizimada pelo que ele descreve como "uma das piores epidemias botânicas da história", quando o mal-do-Panamá ocorreu pela primeira vez.OrigemA doença fúngica surgiu na Ásia, onde evoluiu com as bananas, antes de se espalhar para as vastas plantações da América Central.

Protestos crescem no Líbano, manifestantes invadem prédios do governo e ministros renunciam Corpo da atriz Chica Xavier é enterrado no Rio Polícia tenta impor distanciamento e é atacada por banhistas em praia na Bélgica

A razão pela qual foi tão devastadora, diz García-Bastidas, é o fato de que as bananas eram todas de apenas uma variedade, a Gros Michel ou 'Big Mike'.Essa espécie havia sido escolhida para cultivo pelos produtores porque produz frutos grandes e saborosos que podem ser cortados da árvore ainda verdes, possibilitando o transporte de alimentos exóticos altamente perecíveis por longas distâncias, enquanto continuam amadurecendo.

Cada planta era um clone de aproximadamente mesmo tamanho e formato, produzido a partir de rebentos laterais que se desenvolvem a partir do caule das raízes, facilitando a produção em massa.Isso significa que cada bananeira é geneticamente quase idêntica, produzindo frutas consistentemente, sem imprevistos. Do ponto de vista comercial era excelente, mas, do ponto de vista epidemiológico, era um surto à espera de acontecer.

O sistema de produção de bananas se baseou fragilmente na diversidade genética limitada de uma variedade, tornando-as suscetíveis a doenças, diz García-Bastidas.Sistema de produção de bananas se baseou fragilmente na diversidade genética limitada de uma variedade, diz especialista — Foto: _Alicja_/Pixabay

Lição aprendida?Mas engana-se quem pensa que a indústria aprendeu a lição.Foi iniciada, então, a busca por uma variedade para substituir a Gros Michel que poderia ser resistente ao mal-do-Panamá. Na década de 1960, uma espécie, a Cavendish, chamada no Brasil de banana nanica, mostrava sinais de resistência que poderiam salvar a indústria da banana.

Batizada em homenagem ao 7º duque de Devonshire, William Cavendish, por ele ter cultivado a planta em sua estufa em sua residência oficial, a Chatsworth House, a banana também poderia ser transportada verde — embora tivesse um sabor mais suave do que a Gros Michel.

Dentro de algumas décadas, ela tornou-se a nova referência para a indústria da banana e continua sendo até hoje. Mas para os cientistas que observavam com nervosismo as vastas plantações em expansão, era apenas uma questão de tempo até que houvesse outro surto.

Mãe de bebê beijado pelo papa João Paulo II em SC relembra cena: 'momento inesquecível' Serra de SC volta a ter geada e temperatura negativa; FOTOS Agricultor colhe abóboras gigantes de até 25 kg em plantação em RR: 'retorno financeiro é muito bom'

Na década de 1990 uma nova cepa do mal-do-Panamá, conhecida como TR4, surgiu, novamente na Ásia, que era letal para as bananas Cavendish.Desta vez, com uma economia globalizada em que pesquisadores, agricultores e outros visitantes das plantações de banana circulam livremente pelo mundo, ela se espalhou ainda mais rapidamente.

García-Bastidas, que completou seu doutorado em TR4 na Universidade de Wageningen, descreve a doença da banana moderna, que ataca o sistema vascular das plantas fazendo-as murchar e morrer, como uma "pandemia"."As bananas estão inegavelmente entre as frutas mais importantes do mundo e são um alimento básico importante para milhões de pessoas", diz ele. "Não podemos subestimar o impacto que a atual pandemia do TR4 pode causar na segurança alimentar."

García-Bastidas foi quem viu pela primeira vez o TR4 fora da Ásia, na Jordânia, em 2013.Desde então ele tem "cruzado os dedos" para que a doença não afete os países em desenvolvimento, onde as bananas são um alimento básico.

Mas registros da doença já foram observados na África, particularmente em Moçambique.A razão pela qual o TR4 é tão mortal é porque, assim como a Covid-19, ela se espalha por "transmissão furtiva", embora em diferentes escalas de tempo.

Uma planta doente ficará saudável por até um ano antes de mostrar os sintomas da doença: manchas amarelas e folhas murchas. Em outras palavras, quando a TR4 é identificada, já é tarde demais e ela terá se espalhado por esporos no solo em botas, plantas, máquinas ou animais.

García-Bastidas, que é natural da Colômbia, sabia que o TR4 chegaria ao centro da produção de banana na América do Sul.Mal-do-Panamá, é causada pelo fungo Fusarium oxysporum — Foto: Getty Images/BBC'Pior pesadelo'

Em 2019, seu pior pesadelo se tornou realidade — o telefonema veio de uma fazenda na Colômbia. As bananeiras tinham folhas amarelas e murchas. E o produtor queria lhe enviar amostras."Foi como um pesadelo", diz ele. "Num minuto estou na fazenda, no próximo no laboratório, no outro explicando para o ministro do governo colombiano que o pior já aconteceu. Durante muito tempo, não consegui dormir bem. Foi de partir o coração", lembra.

Como todos os outros países com TR4, a Colômbia está agora tentando retardar o surto enquanto o mundo observa com ansiedade os sinais da doença no restante da América Latina e no Caribe.Como não há cura, tudo o que pode ser feito é colocar as fazendas infectadas em quarentena e aplicar medidas de biossegurança, como desinfetar botas e impedir o movimento de plantas entre fazendas. Em outras palavras, fazer o equivalente a lavar as mãos e manter o distanciamento social.

Paralelamente, a corrida para encontrar uma solução está a pleno vapor.Na Austrália, cientistas desenvolveram uma banana Cavendish geneticamente modificada (GM) que é resistente ao TR4. A fundação Bill e Melinda Gates também está financiando pesquisas na área.

No entanto, apesar das fortes evidências científicas de que os alimentos geneticamente modificados são seguros, é improvável que a banana esteja na prateleira de um supermercado perto de você enquanto os órgãos reguladores e o público permanecerem desconfiados.

Para García-Bastidas, que agora trabalha na empresa de pesquisa KeyGene em colaboração com a Universidade de Wagegingen, na Holanda, a banana transgênica é uma "solução fácil" que pode resolver o dilema da indústria por cinco a dez anos, mas não solucioná-lo por completo.

Ao fim e ao cabo, diz ele, o maior obstáculo é ter uma indústria inteira baseada em uma única variedade clonada de outras plantas.Os testes estão sendo desenvolvidos apenas para rastrear o TR4, já que as bananas têm sofrido por receber menos recursos com pesquisa do que outras culturas básicas.

Mais diversidadeEm vez disso, García-Bastidas quer introduzir mais diversidade na cultura da banana, para que ela seja mais resistente a surtos de doenças como o TR4. Ele ressalta que existem centenas de bananas com potencial para cultivo em todo o mundo. Por que não usá-las?

Já em países como Índia, Indonésia e Filipinas, as pessoas comem dezenas de variedades diferentes de bananas, com sabores, cheiros e tamanhos diferentes. Mas elas são difíceis de cultivar e exportar na escala da Cavendish, que foi criada para suportar o transporte através dos oceanos.

Em seu laboratório na Holanda, García-Bastidas e seus colegas estão usando as mais recentes técnicas de sequenciamento de DNA para identificar genes resistentes ao TR4 e produzir bananas que podem suportar a doença e ser comercialmente viáveis.

"Temos centenas de variedades de maçãs", ressalta. "Por que não começar a oferecer diferentes variedades de bananas?"A melhor esperança é que uma banana resistente à exportação surja nos próximos cinco a 10 anos. Mas essa não é uma bala de prata. Depois de enfrentar não uma, mas duas pandemias no século passado, dessa vez a indústria da banana terá que buscar mais do que apenas introduzir outro clone no mercado.

Dan Bebber, professor associado de ecologia da Universidade de Exeter, no Reino Unido, passou os últimos três anos estudando os desafios ao sistema para manter o suprimento de bananas como parte de um projeto financiado pelo governo britânico, o BananEx.

Segundo ele, a melhor maneira para a indústria de banana sobreviver ao TR4 é mudar a forma como essa fruta é cultivada.No momento, as bananas Cavendish são cultivadas em uma vasta monocultura, o que significa que não apenas o TR4, mas todas as doenças se espalham rapidamente. Durante o período de crescimento, as bananas podem ser pulverizadas com fungicidas de 40 a 80 vezes.

"Isso pode ter grandes impactos na microbiota do solo", diz Bebber. "Para cuidar das bananas, é preciso cuidar do solo."Bebber aponta para relatos das Filipinas de que as fazendas orgânicas se saíram melhor contra o TR4 porque a microbiota no solo é capaz de combater a infecção.

Ele diz que as fazendas de bananas devem procurar adicionar matéria orgânica e talvez implantar um sistema de rotação de culturas para aumentar a proteção e a fertilidade, usando micróbios e insetos em vez de produtos químicos como "defensivos agrícolas", além de deixar mais espaços livres no terreno para incentivar a vida selvagem.

Isso pode significar um aumento no preço das bananas, mas a longo prazo elas seriam mais sustentáveis.Segundo Bebber, as bananas são muito baratas hoje. Não apenas porque o custo ambiental de uma monocultura com produtos químicos pesados não foi levado em consideração, mas principalmente o custo social de empregar pessoas com salários muito baixos.

A ONG Banana Link, que faz campanhas sobre o assunto, culpa os supermercados por forçar preços cada vez mais baixos, comprometendo o meio ambiente, a saúde dos trabalhadores e, por fim, a vitalidade da safra de banana.As bananas produzidas para o comércio popular garantem de alguma maneira que os agricultores recebam um preço justo por elas, mas Bebber diz que trabalhadores de todo o setor estão começando a exigir melhores salários.

Mais uma vez, ele diz que isso alimenta o TR4, já que eles precisam ser pagos de maneira justa para garantir que as fazendas sejam mais bem gerenciadas para a prevenção de doenças."Durante anos, falhamos em levar em consideração o custo social e ambiental das bananas", diz ele. "É hora de começar a pagar um preço justo, não apenas pelos trabalhadores e pelo meio ambiente, mas pela saúde das próprias bananas."

Pandemia da banana pode ter resultados positivos se nos forçar a cultivar bananas de maneira mais ecológica e a comer uma variedade maior de frutas, diz cineasta — Foto: Marco Aurélio/Prefeitura de Uberaba'Bananageddon'Jackie Turner, uma cineasta americana que questiona como as bananas são cultivadas desde que trabalhou em uma plantação como estudante, concorda que a solução está na justiça e na diversidade.

Em seu filme Bananageddon (uma combinação das palavras banana e armageddon), ela conversa com cientistas que tentam impedir a disseminação do TR4, especialistas em segurança alimentar que alertam sobre a escassez e trabalhadores nas plantações preocupados com seus meios de subsistência.

"O TR4 é muito parecido com a Covid-19, pois não tem tratamento", diz ela. "É um cenário de 'dia do juízo final' para as bananas", afirmou.Depois de viajar pelo mundo por dois anos para observar o impacto que o TR4 já está causando, Turner está convencida de que as bananas precisam ser cultivadas de uma maneira diferente, o que significa introduzir novas variedades.

Ela diz que isso não só será melhor para o meio ambiente e para a proteção contra doenças, mas também para o consumidor.Para tentar incentivar o público a apoiar pequenos agricultores que cultivam variedades diferentes, ela criou a The Banana List (A Lista das Bananas, em tradução livre).

A compilação reúne as lojas que vendem diferentes variedades de bananas, para que consumidores possam experimentá-las e uma nova demanda surgir.Por exemplo, a nanica vermelha, que tem um sabor que lembra framboesas, a dedo de moça, menor e mais doce que a Cavendish, ou a Blue Java, com gosto de sorvete de baunilha. As bananas não são apenas deliciosas, mas ajudarão a criar um tipo diversificado de agricultura, mais resistente a doenças.

Para Turner, a pandemia da banana pode ter resultados positivos se nos forçar a cultivar bananas de maneira mais ecológica e a comer uma variedade maior de frutas."Talvez a gente coma menos bananas e pague mais por elas", admite. "Mas sabemos que serão bananas melhores."

Esta reportagem faz parte do Follow the Food, uma série que investiga como a agricultura está respondendo aos desafios ambientais. Follow the Food traça as respostas emergentes para esses problemas — de alta e baixa tecnologia, local e global — de agricultores, produtores e pesquisadores dos seis continentes.

Consulte Mais informação: G1 »

Camila_Cabello no llores, por favor. DePaula_17 se fudeu mariazeveedo pelo amor de Deus não recomcre chegou o seu momento em amiga Ta repreendido. _fmmalu é amiga...melhor aprender a receita da banana logo Tenho visto por aí. Só a agroecologia pra salvar acabou pra camila e pro harry Vish e agora o que será de nós sem a banana? 🍌

para de graça pelo amor de Deus naaaoooo Nem fudendo herculesfardim Ah gente cadê um controle para esse fungo? 30 anos e ngm pensei em um jeito de matar isso aí? 😢😢 As bananas não pô.. TonyVirtual2 kkk Nãooooooo Que situação embananosa Ficarei embananada de que maneira agora? Meu velho... Pqp esse ano tá osso viu !!!

Aaaah não 😟 UQÊ Ah naoooo única que eu como Vixe a mulherada vai passar mal agora 🤭🤭fui. Patsu_Jr amigo......... Aaaaaaa não Vcs falam isso pq não conhecem a minha terra Natal, são vicente Férrer no interior de Pernambuco, conhecida como terra da banana, garanto que tem banana pra o mundo inteiro ainda! Visitem minha terra, assiste o vídeo aí que dá pra ter noção de 10%.

Duas dúzias por semana aqui em casa. Doença se espalha pela globalização, medidas sanitárias não são tomadas, investimentos em pesquisas, são poucos, conheço a doença, tem a vassoura de bruxa, que devastou as plantações de cacau, temos a do café, laranja, milho, manga, goiaba e etc. SelauRamon DairanSelau corre aqui

lourynesimoes Maldito virus destruindo a principal fonte de alimento dos meus casas Faça tudo corona mas deixe as bananas eu imploro Camila_Cabello chora junto comigo 😭 INFERNO jadeluizad amiga manda seu pai plantar mamão agora!!! Aff Maria... Deixem as bananas em paz NÃO SE METE COM MINHAS BANANAS NÃO Camila_Cabello bora criar estoque bora

Só assim pra acabar com essa praga, estou falando das bananas Aí eu vou chorar a minha banana NÃO 🗣️🗣️🗣️🗣️😭 Lá vem os especialistas da Globo!🤦 Foi longe demais já NEM SONHE EM MEXER COM MINHA BANANA MICRÓBIO DESGRAÇADO, EU TE MATOOOOOOOO INFELIZ Galera não se mobilizou qdo a ameaça era à humanidade. Mas agr a coisa ficou grave. Não mexam com a banana. SIMPLESMENTE NÃO.

Que exagero kkkkkkkkkkkkkkkk _luanart meu deus pq vcs postam tanta notícia alarmante Bom, acho que pra vcs jovens... Eu já tenho mais passado do que futuro mesmo 🙄 infelizmente não cuidamos da natureza 😔 wesleynofc Covid-19, gafanhotos, ciclone bomba, Bolsonaro e agora pandemia em bananas, ninguém merece.

indieegnada Eu já comi várias bananas muito gostosas do Brasil. São suaves e leitosas quando mastigadas e duras sem descascar. Dá água na boca. É um gozo singular pela banana brasileira. Pena que o mal de Panamá esteja ameaçando a fruta mais gostosa do mundo. NAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAO Affs. Fala sério 🥴

Ainda bem que guardei umas sementes.😁 o mundo te deve desculpas jhenigraham deliriosdogavo dessa pandemia tu não morre Ah não eu amo banana 😭🍌🍌🍌🍌🍌🍌🍌🍌🍌🍌🍌🍌🍌🍌🍌🍌🍌🍌🍌🍌🍌🍌🍌🍌🍌🍌🍌🍌🍌🍌🍌🍌🍌🍌🍌🍌 Camila_Cabello 😯 Ainda bem que aqui em casa tem monte e não para de nascer nunca. variasraiva

Não diz como esse fungo afeta o corpo humanos 🤔 lorenamrolim QUE NÃO PODE SER gigicss vai ficar sem café da manhã Faltou um eng. Agrônomo brasileiro nessa reportagem. A Cavendish tem esse valor todo pq é a principal banana pra exportação. Mas aqui no BR temos vários tipos de bananas, se a Europa ou EUA vão ficar sem Cavendish que consumam outros tipos que são resistentes ao mal do Panamá

E adivinha da onde essa doença veio? se acabar a banana eu nem sei para que viver mais sem sacanagem Não mexe com a minha fruta preferida não. enquanto luanasousab fica alegre, muitos brasileiros choram com essa notícia Uma ótima época pra eu ser uma fitopatologista 🤓kakakakaakak Vcs tinham que comparar com o coronavirus né?cambada de sem noção do inferno...globolixo

JorgeOMacaco 😱 Torcida do CAOS!!! VAI DORMI CARNICEIROS!!! Aí já é ir longe demais Ah pronto, o pobre tá ferrado. NINGUÉM ENCOSTA NA MINHA BANANA NÃO MEEEEEE nnnn isso n pode acontecer Eduteiixeiira que inferno em Eita pandemia das bananas só faltava essa Eu amo bananas 😩💔 Agora pegou pesado Aaah não Ah pronto

davisik04 eu te disse que ia acabar Naaaaaaaao mds A não mano .... O que será desse planeta se não tiver banana? tchumano NÃOOOOOOOOO O tomate Nathalia_vsousa E pq agora o que ta em alta é o laranja, já o bananinha anda meio sumido A Globo ama jogar notícias para gerar histeria coletiva. comsesemacento O Ponto em Comum (DaviCalazans) tem um video mt bom sobre isso...

Por mim pode destruir eu não como isso mesmo. . Ah, pelo amor de deus a banana naoooooo Ah que pena faltará fruta pra distribuir para os 'blogueiros' Agr é tanta pandemia Salvem as bananas por favor!!!🙏 Ae para de conversa fiada porra NeusaNascimen20 RobertaPeereira wendell_kimura Isso não! A minha mãe não sobreviverá sem banana

😳 Tá me parecendo uma matéria pra colocar dúvida e medo de desabastecimento na população. Segundo a própria matéria os fungos já atacam plantações há 30 anos. Vamos ler com olhar crítico. LuchiNathalia agora ficou sério Beleza até minha fruta preferida vão destruir Ah proontooooo CHEGA CHEGA CHEGA MEU DEJS NAO AGUENTO MAIS APAGA ISSO DA GATILHO

Aí é sacanagem 😑 Que tristeza! A fruta que mais eu amo.😔 Vai ter que ter uma 200 panfemias pra acabar com as Bananas em Corupá/SC. Agora virou moda, toda doença quer virar pandemia? Tudo junto mesmo? Aí eu morro. Como umas 4 por dia. É o meu vício! JorgeOMacaco NÃO!!! A fruta que eu mais amo... a fruta perfeita!!! Não consigo imaginar a minha vida sem bananas!!! 😱

ai ta indo longe demais Vcs são tendencioso, tiram proveito da situação e tentam criar alvoroço de qualquer forma. É ridículo que todo dia criam uma pandemia diferente. Já virou palhaçada Nem as bananas estão escapando dos tempos sombrios. Nem as frutas estão livres do mal. CamilaHuller tua hora chegou Ah Não... cãimbra nem tente aparecer

AbdouniGui1 Nem brink Não podecê! Eu como 3 dessas por dia. 💪🏽 Não aguento um mundo sem banana. Eu sem banana não sobrevivo pelo jeito é o fim dos tempos mesmo Não, plz... manga que é ruim acaba nunca ne Coronavírus você já foi longe de mais rochadaminha27 mo se prepara LenitaCamargo laritalls A velha história que a banana irá acabar em 70 anos.

Que Eu não aguento mais Olha só o terrorismo com a banana...Misericórdia! Vcs não conhecem o vale do ribeira Eu morro Gostaria de acordar, e lê boa notícias... wariston88 Gabriel_xandao Diz isso pras bananeiras aqui de casa. vanellybp do céu E DAÍ!!! Eu não como banana msm. É só um fungozinho que vai terminar logo, não precisa se alarmar.

Não. Minha fruta fav não Fodeu pros Jaíbenses O QUEEEEEEEEEEE 1panda98 😭😭😭😭😭 A globo tá acabando com a banana mane... Sem limite.. O mais grave é que lendo os comentários o povo leva tudo na brincadeira. Aí foi longe d++++++++++ viu corona do capeta. A ideia final da reportagem, de prestígio ao pequeno comerciante e produtor local, deveria ser sempre seguida. Não apenas como instrumento para combater esse surto, mas para retomarmos, de forma geral, o equilíbrio que um dia o ser humano perdeu.

ViuvaD coitado do meu pai Deus tenha piedade!! A única fruta que combina com arroz e farofa não, por favor!! Eu to lendo isso enquanto como uma banana Estou estupefato Ah pronto vê lá hen Deus tenha piedade. A única fruta que combina que arroz e farofa. O adorou o termo 'pandemia' e está usando pra tudo. Chega a ser divertido 🤣🤣🤣🤣🤣

caioimbico O mundo está acabando.......muita desgraça! Cruzes! Tudo que é desgraça vem da asia. Pronto... Covid come banana hahahahahah..... GloboLixo Não é possível!!😯 $5000 de multa para quem estiver comendo ou bebendo sem Máscara em bares e restaurantes de São Paulo. COMA COM MÁSCARA Enquanto houver açaí haverá paz

ÇOKOHO já vejo a câimbra TiaPahm agr deu vontade de ir morar la na roça kkkkkkkkkkk virar macaco G1 me ajuda nessa questão? Faz anos que falam isso, duvido que acabe, o ser humano dá um jeito. Ahhh pronto mais isso agora stream Oh meu Deus é o fim 😨😨😨😨😰😱🤑🤑🤟🤟🤟👌😎💪 E a minha vitamina, como é q fica?

Oii gente, td bem? Dscp incomodar, mas uns amigos e eu criamos um projeto voluntário e on-line para ajudar quem vai fazer o enem. Você poderia nos ajudar compartilhando ou seguindo? Se sim, esse é o link. Desde já, mt obg Alguém me poupa o clique, oq eu sinto que não vale a pena clicar Já repararam que vivem ameaçando as bananas de extinção ? Deixem as bananas em paz.

Como eu sei que vcs são dramáticos

Com camas de papelão, Índia abre maior hospital para a Covid-19 do mundoCom o tamanho de 22 campos de futebol, o centro médico em Nova Delhi pode receber até 10.000 pacientes com quadros leves e moderados As camas suportam 300kg, têm garantia de 2 anos, e é uma das superfícies em que o coeonavírus sobrevive em menor tempo. Enquanto no Brasil o povo morre sem leitos em hospitais Maior produtor de cloroquina do mundo. Preciso falar mais alguma coisa?

Com epidemia de covid-19 controlada, Cuba inicia retomada do turismo internacional - CartaCapitalO país registrou registrou pouco mais de 2.300 contaminações e 86 mortes. O vírus continua se propagando pelo continente americano.

Vacina da Covid-19 não terá fins lucrativos na pandemia, diz laboratório | RadarEm reunião na Câmara, AstraZeneca afirma que trabalha para distribuir inicialmente 2 bilhões de doses da vacina radaronline Desinformação na cara dura, quando o STF_oficial vai investigar esses pãnforas? radaronline Não existe almoço de graça... 🤔 radaronline Era o q faltava. Querer lucro num desastre como a covid-18

Operação da PF investiga suspeita de superfaturamento na compra de testes para Covid-19 no PIMandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos nas cidades de Picos, Uruçuí e Bom Jesus. As prefeituras informaram que ainda vão se pronunciar. Valores eram superfaturados em até 40%, segundo a PF. Por isso que governadores não querem que a pandemia acabe , tão comendo o dinheiro todo tnc CORRE DORIA! A PF VAI TE PEGAR! Lembre-se disso, nunca foi pela saúde, nunca se preocuparam com o POVO. Esses governadores CANALHAS que foram capazes de desviar e superfaturar o dinheiro destinado a saúde.

Covid-19: Europa entra na disputa para ter acesso ao antiviral remdesivirApós Estados Unidos comprarem quase todo o estoque, a Comissão Europeia anunciou que negocia com a Gilead para aumentar sua capacidade de produção Ué ? Os EUA 🇺🇸 não vão mandar grátis como mandaram Cloroquina não? A disputa por esse medicamento lembrou-me da disputa por qualquer bem escasso, e a postura dos americanos: petróleo, nióbio, ouro... 'levo tudo, comprem de mim depois!' E o Ministério da Saúde aqui arrumando desculpas para usar cloroquina. É foda

Futebol Feminino do Corinthians faz parceria para testes de COVID-19Após acordo com a startup HSA, serão oferecidos um pacote de serviços, batizado de “passaporte imunológico”, triagem, testes, monitoramento e controle do coronavírus Boa Timão 👏