A menos que surja nova variante, Carnaval será em abril, diz presidente do Cosems Rio | CNN Brasil

22/01/2022 23:40:00

O presidente do Cosems do Rio afirma que a variante Ômicron não preocupará mais em abril

O presidente do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Rio de Janeiro (Cosems), Rodrigo Oliveira, afirmou à CNN que somente uma nova variante da Covid-19 seria responsável por um segundo adiamento do Carnaval na capital fluminense

O presidente do Cosems do Rio afirma que a variante Ômicron não preocupará mais em abril

Compartilhe:Ouvir notíciaO presidente do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Rio de Janeiro (Cosems), Rodrigo Oliveira, afirmou àCNNneste sábado (22) que somente uma nova variante da Covid-19 seria responsável por um segundo adiamento do Carnaval na capital fluminense. Anteriormente marcado para final de fevereiro, os desfiles estão previstos para acontecer em abril, como anunciou o prefeito do município, Eduardo Paes.

Em conversa com aCNN, o presidente do Cosems afirma que a variante Ômicron não preocupará mais em abril. Como argumento, Rodrigo Oliveira cita o cenário epidemiológico na Europa, onde os números de casos começaram a cair de forma lenta nos últimos dias. Ele espera uma drástica redução de casos da Ômicron em até três semanas.

Consulte Mais informação:
CNN Brasil »

Chega me emocionar a preocupação desses políticos do Rio e de São Paulo com o povo. Vejam só, eles chegaram até a adiar por alguns dias o Carnaval. Aí que vontade de dizer o que sinto...putz. Eleições e $$$ não permitem cancelar.

Carnaval do Rio e de São Paulo devem ser adiados para abrilEu sugiro que o Carnaval seja realizado em julho excepcionalmente esse ano. Até lá provavelmente pandemia estará mais controlada. Amém 🙏 Deveria é ser cancelado.

Carnaval: SP e Rio adiam desfiles de escolas de samba para feriado em abrilFestas no Anhembi e na Sapucaí serão realizadas no feriado de Tiradentes; medida foi tomada para conter o avanço da variante ômicron da Covid...

Carnaval em abril: Rio adia desfiles para feriado de TiradentesEm vez de desfilarem em fevereiro, as escolas sairão no feriadão de 21 de abril. Decisão foi tomada em conjunto por prefeitos de Rio e São Paulo, que também adiou a folia no Sambódromo. Paes também disse que a questão do carnaval de rua, que havia sido cancelado, ainda vai ser analisada. Q merda hein, era melhor cancelar mais uma vez, deixa pra o ano q vem. Que bizarro! desfiles no feriado kkkkkk naomegastanao

Rio e São Paulo adiam desfiles de Carnaval para abril | RadarApresentação ocorrerá no feriado de Tiradentes em razão do pico de contágios pela Covid-19 no país radaronline Tem q adiar os shows tbm radaronline Sou a favor de adiar pra 2089!!! radaronline É o Carnapáscoa.

Carnaval: Rio e São Paulo decidem adiar o desfile das escolas de sambaA decisão foi anunciada, na noite desta sexta-feira, 21, após uma reunião com os prefeitos Ricardo Nunes (MDB), de São Paulo, e Eduardo Paes (DEM), do Rio BabyDogeCoin BabyDogeCoin BabyDogeCoin BabyDogeCoin BabyDogeCoin BabyDogeCoin BabyDogeCoin BabyDogeCoin BabyDogeCoin BabyDogeCoin BabyDogeCoin BabyDogeCoin BabyDogeCoin BabyDogeCoin BabyDogeCoin BabyDogeCoin BabyDogeCoin BabyDogeCoin AmBev de Paulo Leman desesperada. Tem q ter um ambiente de boca de álcool ao longo do ano de qualquer jeito. Sério? Nossa, pq será? Sequer deveriam ter cogitado fazer carnaval, canalhas!!

Carnaval 2022: veja datas e ordem dos desfiles no RioA prefeitura do Rio confirmou hoje as datas e a ordem dos desfiles no Carnaval 2022, adiado para abril por causa da pandemia da covid-19.|

22/01/2022 às 15:53 | Atualizado 22/01/2022 às 16:42 Compartilhe: Ouvir notícia O presidente do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Rio de Janeiro (Cosems), Rodrigo Oliveira, afirmou à CNN neste sábado (22) que somente uma nova variante da Covid-19 seria responsável por um segundo adiamento do Carnaval na capital fluminense.A A volta das escolas de samba aos Sambódromos de Rio e São Paulo pode demorar um pouco mais.Covid-19 .Sambódromo vazio: ao menos até abril, Sapucaí não terá os desfiles — Foto: Alexandre Durão/G1 Uma reunião na noite desta sexta-feira (21) entre os prefeitos do Rio, Eduardo Paes, e de São Paulo, Ricardo Nunes, selou a decisão conjunta de adiar os desfiles das escolas de samba do carnaval para o feriado de Tiradentes, em 21 de abril.

Anteriormente marcado para final de fevereiro, os desfiles estão previstos para acontecer em abril, como anunciou o prefeito do município, Eduardo Paes. Em conversa com a CNN , o presidente do Cosems afirma que a variante Ômicron não preocupará mais em abril. A data atual para o carnaval é a última semana de fevereiro, mas os municípios avaliam os riscos de autorizar os desfiles em meio ao aumento de casos de Covid-19 no país, impulsionado pela variante Ômicron. Como argumento, Rodrigo Oliveira cita o cenário epidemiológico na Europa, onde os números de casos começaram a cair de forma lenta nos últimos dias. Os secretários de Saúde das duas capitais participaram da reunião, além dos presidentes das Ligas de Escolas de Samba de ambas as cidades. Ele espera uma drástica redução de casos da Ômicron em até três semanas. Na quarta-feira, a capital paulista apresentou o protocolo sanitário para os desfiles no Anhembi, com exigência de comprovante de vacinação e uso de máscara para foliões e espectadores. “Ao menos que surja uma nova variante, o Carnaval vai acontecer em abril. Para a GloboNews, Eduardo Paes disse que, por ser um feriado nacional, a princípio o feriado de fevereiro também está mantido, apesar da transferência dos desfiles.

Estamos conversando com o município do Rio desde que a Ômicron começou.  O Carnaval de Rua nas capitais fluminense e paulista já havia sido cancelado no início do ano por conta da aceleração de contaminação pelo coronavírus. A decisão de adiar o carnaval foi acertada, a prefeitura está conduzindo com cautela toda a situação. Ômicron não vai ter em abril mais, ela transmite muito rápido, mas sofrerá uma drástica queda nas próximas semanas. Sendo otimista, em três semanas o cenário vai ser bem melhor. Sempre analisamos como exemplo o cenário europeu”, ressaltou Rodrigo Oliveira. Maiores informações sobre a nova programação do carnaval serão divulgadas em momento oportuno.

Ainda em conversa com a CNN , o presidente do Cosems destacou a importância do adiamento da festa para abril, apesar da baixa taxa de mortalidade causada pela Ômicron. E, por fim, acrescentou que “não podemos naturalizar mortes”. “Carnaval sendo feito em abril, nós temos um tempo suficiente para as escolas de samba se planejarem e todo mundo que vive da festa se planejar também. A ideia é não prejudicar ninguém. Atualmente, de fato, não é o momento para o carnaval, embora o número de casos graves seja muito baixo”, finalizou.

Tópicos .