A engenhosa solução dos antigos persas para 'capturar o vento' e se refrescar no calor escaldante - BBC News Brasil

Do Antigo Egito ao Império Persa, um método engenhoso de capturar e dirigir o vento refrescou as pessoas por milênios. Na busca por refrigeração livre de emissões, o 'captador de vento' pode vir nos ajudar novamente.

05/12/2021 15:31:00

Do Antigo Egito ao Império Persa, um método engenhoso de capturar e dirigir o vento refrescou as pessoas por milênios. Na busca por refrigeração livre de emissões, o 'captador de vento' pode vir nos ajudar novamente.

Como os captadores de vento não precisam de eletricidade para funcionar, eles são uma forma de resfriamento verde e barata. Com o ar condicionado mecânico convencional já representando um quinto do consumo total de eletricidade do mundo, alternativas antigas como o captador de vento estão se tornando uma opção cada vez mais atraente.

EpisódiosFim do PodcastA forma da torre e outros fatores — como o projeto da casa, a direção para onde a torre está voltada, a quantidade de aberturas, sua configuração de pás internas fixas, canais e altura — são todas adequadamente definidas para aumentar a capacidade da torre de canalizar vento para baixo, até o interior da construção.

Mônica Bergamo: Justiça rejeita pedido de prisão contra Bonner por incentivo à vacinação

A história do uso do vento para resfriar construções começou quase ao mesmo tempo em que as pessoas começaram a viver no ambiente quente dos desertos.Uma das primeiras tecnologias de captura do vento data de 3.300 anos atrás, no Egito, segundo os pesquisadores Chris Soelberg e Julie Rich, da Universidade Estadual Weber em Utah, nos Estados Unidos. Nesse sistema, as construções tinham paredes espessas, poucas janelas voltadas para o sol, aberturas para entrada de ar na principal direção dos ventos e uma ventilação de saída do outro lado — conhecida em árabe como arquitetura malqaf.

Mas há quem defenda que o captador de vento foi inventado no próprio Irã.De qualquer forma, os captadores de vento se espalharam pelo Oriente Médio e pelo norte da África. Variações dos captadores de vento iranianos podem ser encontradas com nomes locais, como os barjeels do Catar e do Bahrein, os malqaf do Egito, os mungh do Paquistão e muitos outros, segundo Fatemeh Jomehzadeh, da Universidade de Tecnologia da Malásia, e seus colegas. headtopics.com

Acredita-se que a civilização persa tenha adicionado variações estruturais para permitir melhor resfriamento, como a sua combinação com os sistemas de irrigação existentes para ajudar a resfriar o ar antes da sua liberação por toda a casa.

O fracasso de Lacombe - O Antagonista

No clima quente e seco de Yazd, essas estruturas se tornaram cada vez mais populares, até que a cidade se tornou um oásis de altas torres ornamentadas em busca do vento do deserto. Yazd é uma cidade histórica que foi reconhecida como Patrimônio Mundial da Unesco em 2017 — em parte, pela sua grande quantidade de captadores de vento.

Além de desempenhar o propósito funcional de resfriar as casas, as torres também tinham forte importância cultural. Os captadores de vento fazem parte da paisagem de Yazd, da mesma forma que o Templo do Fogo de Zoroastro e a Torre do Silêncio.

Crédito,AlamyLegenda da foto,Depois de muito tempo sem uso, o estado de conservação de muitos captadores de vento iranianos não é bom, mas alguns pesquisadores querem que eles sejam restaurados e voltem a funcionarE há também o captador de vento do Jardim de Dowlat Abad, que se acredita ser o mais alto do mundo (com 33 metros de altura) e um dos poucos ainda em funcionamento. Abrigado em uma construção octogonal, ele fica de frente para uma fonte e um lago que se estende ao longo de fileiras de pinheiros. headtopics.com

O plano dos quadrilheiros contra Moro | O Antagonista

Possível renascimento?Com a eficácia do resfriamento fornecido por esses captadores de vento livres da emissão de gases, alguns pesquisadores argumentam que eles merecem ressurgir.O pesquisador Parkham Kheirkhah Sangdeh estudou minuciosamente a aplicação científica e a cultura local dos captadores de vento na arquitetura contemporânea na Universidade de Ilam, no Irã. Ele afirma que inconvenientes como insetos que ingressam nas calhas e o acúmulo de poeira e fragmentos do deserto fizeram com que muitas pessoas abandonassem os captadores de vento tradicionais.

No seu lugar, são utilizados sistemas de resfriamento mecânicos, como unidades convencionais de ar condicionado. Muitas vezes, esses sistemas alternativos são alimentados por combustíveis fósseis e usam refrigerantes que agem como poderosos gases do efeito estufa quando liberados para a atmosfera.

Há muito tempo, o advento das modernas tecnologias de resfriamento é culpada pela deterioração dos métodos tradicionais no Irã, segundo a historiadora da arquitetura iraniana Elizabeth Beazley escreveu em 1977.Sem manutenção constante, o clima hostil do planalto iraniano desgastou muitas estruturas, desde captadores de vento até casas de armazenamento de gelo. Kheirkhah Sangdeh também observa que o abandono dos captadores de vento se deveu, em parte, à tendência do público de adotar tecnologias vindas do Ocidente.

"É preciso que haja mudanças de perspectiva cultural para usar essas tecnologias. As pessoas precisam observar o passado e entender por que a conservação de energia é tão importante", afirma o pesquisador, "a começar pelo reconhecimento da história cultural e da importância da conservação de energia". headtopics.com

Kheirkhah Sangdeh espera que os captadores de vento do Irã sejam reformados para oferecer resfriamento com uso eficiente de energia às construções existentes. Mas ele encontra muitas barreiras para esse trabalho, como as tensões internacionais existentes, a pandemia de covid-19 e a atual falta de água. "A situação está tão ruim no Irã que [as pessoas] levam um dia de cada vez", afirma ele.

Crédito,AlamyLegenda da foto,À medida que os arquitetos buscavam formas passivas de resfriamento, os captadores de vento iranianos inspiraram projetos modernos na Europa, nos Estados Unidos e em outras partes do mundoMétodos e sistemas de resfriamento que não utilizam combustíveis fósseis, como os captadores de vento, poderão muito bem merecer seu ressurgimento, mas, para surpresa de muitos, eles já estão presentes — embora não sejam tão grandiosos como os iranianos — em muitos países ocidentais.

No Reino Unido, cerca de 7.000 variações de captadores de vento já foram instaladas em edifícios públicos entre 1979 e 1994. Eles podem ser vistos em construções como o Hospital Real de Chelsea, em Londres, e em supermercados de Manchester.

Esses captadores de vento modernos lembram pouco as estruturas iranianas em forma de torre. Em um edifício de três andares em uma rua movimentada no norte de Londres, pequenas torres de ventilação pintadas de rosa-choque oferecem ventilação passiva. No alto de um shopping center em Dartford, também no Reino Unido, torres de ventilação cônicas giram para capturar a brisa com o auxílio de uma asa traseira que mantém a torre voltada para a direção do vento.

Os Estados Unidos também adotaram projetos inspirados nos captadores de vento com entusiasmo. Um desses exemplos é o centro de visitantes do Parque Nacional de Zion, no sul de Utah.O parque fica em um alto planalto desértico, com clima e topografia comparáveis com a região de Yazd, e o uso de tecnologias de resfriamento passivo como o captador de vento eliminou quase por completo a necessidade de ar condicionado mecânico. Os cientistas registraram diferença de temperatura de 16°C entre o lado externo e o interior do centro de visitantes, apesar das muitas pessoas que passam regularmente pelo local.

À medida que se aprofunda a busca de soluções sustentáveis para o aquecimento global, surgem mais oportunidades que favorecem a construção de captadores de vento. Em Palermo, na Itália, pesquisadores descobriram que o clima e as condições de vento existentes fazem da cidade um local propício para uma versão do captador de vento iraniano.

Em outubro, o captador de vento foi exposto com destaque na feira Expo Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, como parte de uma rede de construções cônicas no pavilhão da Áustria. Para sua idealização, a empresa de arquitetura austríaca Querkraft inspirou-se no barjeel — a versão árabe do captador de vento.

Enquanto pesquisadores como Kheirkhah Sangdeh argumentam que o captador de vento tem muito mais a oferecer para o resfriamento de casas sem o uso de combustíveis fósseis, essa engenhosa tecnologia já migrou para outras partes do mundo — mais do que se pode imaginar. Na próxima vez que você encontrar uma torre de ventilação alta no topo de um supermercado, edifício ou escola, examine com cuidado. Você pode estar olhando para o legado dos magníficos captadores de vento do Irã.

Consulte Mais informação: BBC News Brasil »

Butantan começa a produzir vacina eficaz contra o atual surto de gripe

Jornal Nacional acompanhou, com exclusividade, o início da produção do ingrediente farmacêutico ativo, o IFA, da vacina contra o H3N2.

Por favor tô pedindo um pouco de comida pra mim e pra minha mãe, por misericórdia alguem pode nos ajudar? minha mãe teve AVC e ficou com sequelas, cuido dela desde então e não posso trabalhar, tô pedindo doação de comida, até vencido eu aceito de coração 😭 Temos nossa versão. Chupa, persas!! Por favor ouça meu apelo a fome dói me ajude estou desempregada tenho filhos pequenos e 11 gatinhos que crio em casa, a situação tá muito difícil no meu fixado tem video e foto mostrando tudo eu me humilho se for preciso por favor me ajudem

Não quero viver num mundo onde uma frase de Dilma Rousseff faz sentido. A Dilma foi criticada quando falou em 'estocar vento'. A Dilma estava certa! Os persas que o digam! TerraFlanista_ mengaosempre81 PaparazzoRN guimargatho vini_mamute Euclides_crf cornetacaipira palmeirasptd Pensei que a Mancha Verde era pioneira no assunto.

Flamenguista não gostou da notícia. Alguém falou em vento? 💨💨💨

BBC revela como cocaína da América Latina entra em porto na Holanda - BBC News BrasilApreensões de drogas estão crescendo em Roterdã, assim como conflitos e detenções de jovens trabalhando no transporte de entorpecentes. BOLSONARO ESTÁ MATANDO ÍNDIOS E QUEIMANDO AS FLORESTAS DO BRASIL.SEM NATUREZA NÃO HÁ VIDA VOCÊ PODE ME ENTENDER? A AMAZÔNIA E AS FLORESTAS DO BRASIL ESTÃO SENDO DESTRUÍDAS! ISSO VAI CAUSAR CRISES CLIMÁTICAS,SECAS,INUNDAÇÕES, FALTA DE ÁGUA,POLUIÇÃO E MORTES NO BRASIL. 'OXOSSI ' pelo menos tão respeitando o distanciamento O pior governo ever no BRASIL e suas consequências para o resto do mundo. Portos no BR tomados por máfia espalham essa droga pelo mundo.

Dilma gênio. É só estocar !!! kkkkkkk mto burra !! dilmabr e ainda põe BR no nome !!! Engenhoso. Os mesmos que ridicularizam a Dilma,hoje glorificam a Noiva Camuflada !!!! Ora, ora Dilma tinha visão.... Estocar vento está a um passo de acontecer. Vento fervendo de quente? Duvido que naquela época era tão quente quanto pode hoje ser e será num futuro não muito distante.

A torcidamv83 já conhece essa técnica, e utilizou no estádio Centenário!🤣 Olha aí maurocezar .kkkkkkk

Como ter filhos modifica o cérebro das mulheres - BBC News BrasilQuanto mais experiência tiver uma mãe, maiores serão as conexões existentes entre os neurônios nas regiões do cérebro que são importantes para a criação dos filhos. E essas alterações também podem ocorrer no cérebro dos pais. vasco_nath É pq no dos homens n modifica merda nenhuma já q n ajudam mesmo ne Ale_asilvas

dilma tava certa

Como e quando os humanos começaram a ficar de pé e andar - BBC News BrasilO bipedismo não apareceu simplesmente da noite para o dia — foi resultado de uma evolução gradual que começou há muitos milhões de anos. BOLSONARO ESTÁ MATANDO ÍNDIOS E QUEIMANDO FLORESTAS NO BRASIL.SALVEM OS ANIMAIS! SEM NATUREZA NÃO HÁ VIDA VOCÊ PODE ME ENTENDER?A AMAZÔNIA E AS FLORESTAS DO BRASIL ESTÃO SENDO DESTRUÍDAS! ISSO VAI CAUSAR CRISES CLIMÁTICAS,SECAS,INUNDAÇÕES, FALTA DE ÁGUA,POLUIÇÃO E MORTES OXOSSI A merda foi quando começaram a falar vocês estavam lá por acaso?

Como a pequena Lituânia está se opondo à poderosa China - BBC News BrasilPequim acaba de rebaixar suas relações diplomáticas com o país báltico, depois que a Lituânia promoveu um estreitamento de laços com Taiwan, ilha que a China considera parte de seu território. Lituânia, Polônia, Ucrânia, são só PAUS MANDADOS dos criminosos dos EUA. Nada mais do que isso. Quando o 'bicho' pegar, serão os primeiro que vão se foder. Taiwan não está contido na China? É inacreditável ver esses paisécos, que serão destruídos num piscar de olhos, serem tão lambem cú dos criminosos dos EUA. Será que esses patetas não viram o que aconteceu no Iraque, Líbia, Síria, Iêmen, Afeganistão?

Quando e como será possível ver passagem de cometa Leonard - BBC News BrasilO cometa Leonard passará perto da Terra em dezembro e poderá ser visto a olho nu por algumas madrugadas — inclusive no Brasil. ☄ Meu Deus que pena que não vai nos atingir 😭 Não sei, mas o cometa Galei passou ontem na Fonte Nova. Agora, só daqui a 50 anos. Quero saber é se poderei vê-lo do José Walter, capital dos cornos.

A turbulenta história da vacinação obrigatória no Brasil e no mundo - BBC News BrasilA vacinação obrigatória acompanha a humanidade há séculos, sempre salvando vidas. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK kkkkkkkkkkk A primeira vez na história teremos um refutamento histórico. O tempo passou e o povo não evoluiu. Vacinas salvam vidas quando funcionam.