A dor e o esforço, o ataque e a defesa | Imagem do Dia

A incomparável violência “estética” do boxe, a chamada “nobre arte”

24/07/2021 19:50:00

IMAGEM DO DIA: A dor e o esforço, o ataque e a defesa - a incomparável violência “estética” do boxe, a chamada “nobre arte”

A incomparável violência “estética” do boxe, a chamada “nobre arte”

Atualizado em 24 jul 2021, 13h16 - Publicado em 24 jul 2021, 13h15Daniyal Shahbakhs, do Irã, contra Mohamed Hamout, do Marrocos Luis Robayo/AFPPublicidadePublicidadeDe quem é a cabeça que está próxima à camiseta vermelha? De quem são os braços de luvas azuis? De que, de quem? A dança de corpos do boxe na categoria peso pena (até 57 quilos) parece um balé às avessas. O iraniano Daniyal Shahbakhsh – o de uniforme rubro – venceu o marroquino Mohamed Hamout por decisão unânime dos cinco jurados.

Fusão DEM-PSL pode turbinar ‘terceira via’ para 2022 Futuro presidente não pode ser corrupto, desonesto ou ignorante Moro volta ao Brasil para decidir destino político

A fotografia, o átimo de segundo a registrar a dor e o esforço, o ataque e a defesa, simultaneamente, registra a violência “estética” da chamada “nobre arte”.Faz lembrar, de algum modo, trechos do seminal livroA Luta, de Norman Mailer, registro da porfia entre Muhammad Ali e George Foreman, no Zaire, em 1974. Um trecho, na elegante tradução de Claudio Weber Abramo: “A vertigem tomou George Foreman e o revolveu. Ainda dobrado pela cintura, naquela posição de incompreensão, os olhos o tempo todo em Muhammad Ali, começou a desmoronar e a ruir e a cair, mesmo não querendo ir ao chão.

Ímãs mantinham sua mente nas alturas do campeonato e seu corpo buscava o chão. Foi ao chão como um mordomo de sessenta anos e um metro e oitenta, que acaba de ouvir uma notícia trágica, sim, caiu ao longo de dois desmoronantes segundos, ao solo foi gradualmente o campeão, e Ali voluteou em torno dele num círculo fechado, a mão pronta para atingi-lo mais uma vez, mas não precisou fazê-lo, uma escolta íntima durante o trajeto para o chão.” headtopics.com

Consulte Mais informação: VEJA »

Documentos da CPI colocam crise mais perto da família Bolsonaro - Política - Estadão

Em novo episódio de ‘Por Dentro da CPI’, Eliane Cantanhêde analisa ação de lobista no Ministério da Saúde e sua proximidade com o filho ‘Zero Quatro’ do presidente

boxe universitário? Eu tiraria o boxe das olimpíadas e no lugar colocaria corrida de saco ou esconde esconde. ( consegui, lacrar também ? ) Que legenda bizarra 🤣

Uma ode à tecnologia | Imagem do DiaO balé de drones em cima do estádio olímpico, que depois formaram a Terra – sim, redonda, para não deixar dúvidas – serviram de celebração do Japão inovador

Uma ode à tecnologia | Imagem do DiaO balé de drones em cima do estádio olímpico, que depois formaram a Terra – sim, redonda, para não deixar dúvidas – serviram de celebração do Japão inovador

Varíola dos macacos: doença contagiosa rara gera alerta em 27 Estados nos EUA - BBC News BrasilEntre os sintomas iniciais da rara varíola dos macacos estão febre, dores de cabeça, inchaços, dores nas costas, dor muscular e uma apatia geral ah, não! bicho, não temos um dia de paz.

Câmara ouve Braga Netto sobre ameaça às eleições dia 17 - Política - EstadãoConvidado para falar a respeito de nota da Defesa contra CPI da Covid, ministro será questionado em comissão também sobre recado a Arthur Lira revelado pelo Estadão Politica uai, deviam era pedir desculpas pela fake news que publicaram sobre o general. Ou no mínimo relevar a fonte, que disse isso a vocês.. Vão permanecer em silencio? Politica Quem conspira contra a democracia apoiando urnas não auditáveis tem que ser preso urgente Politica

Fora da Olimpíada, Bruno Soares é operado e detalha drama antes de cirurgia - Esportes - EstadãoTenista brasileira teve dores intensas durantes voo que o levava para Tóquio: 'Vomitei duas vezes e a dor simplesmente não passava' Esporte XeuleBot Esporte Tadinho

Governo Bolsonaro faz aposta eleitoreira na mistura de política e religiãoNenhum outro governo misturou tanto religião e Estado quanto o atual. No exemplo mais recente, Hamilton Mourão tratou, em uma viagem paga pelos cofres públicos, de assuntos particulares da Igreja Universal. Leia a reportagem de capa na íntegra em VEJA: O poder que não teve poder! Mourão Voltou com as mãos abanando. 🙈 E ficará por isso mesmo 'Uma clara violação à Constituição brasileira' por parte de GeneralMourao e ninguém, nem ArthurLira_ nem rpsenador nem MPF_PGR, nem STF_oficial, NINGUÉM, faz absolutamente nada. So me resta pensar: E SE TIVESSE SIDO LULA...OU DILMA...🤔🤔