Porteiro denuncia francês por falas racistas e ameaças: 'Chamou de macaco'

Redirecting to full article in 5 second(s)...

O porteiro Reginaldo Silva Lima, 51, que trabalha há quatro anos em um prédio no bairro de Copacabana, na zona sul do Rio, denunciou à Polícia Civil um francês, morador do edifício, por falas racistas e ameaças de morte feitas contra ele, enquanto esta