Ministério da Saúde aponta ao MPF 'diversas irregularidades' em contrato da gestão Ricardo Barros

Redirecting to full article in 0 second(s)...

Atual líder do governo Bolsonaro na Câmara, Barros foi ministro no governo Temer. Nota técnica diz que falta de análise jurídica comprometeu contrato de R$ 20 milhões.